Tamanho do texto

Última vez que se encontraram na competição foi em 1994, e equipe cearense conseguiu a classificação diante dos gaúchos

Um duelo que não ocorre há exatas duas décadas pela Copa do Brasil voltará a ser disputado nesta quarta-feira. Internacional e Ceará , que se encontraram nas quartas de final da edição de 1994 do torneio, abrem no Beira-Rio a disputa por uma vaga nas oitavas de final da edição de 2014. A partida desta começará às 22h.

Vinte anos atrás, quem levou a melhor foi o Ceará. Em Fortaleza, a equipe do técnico Dimas Filgueiras bateu o Inter por 1 a 0. Uma derrota por 2 a 1 em Porto Alegre levou o time do Nordeste às semifinais pelo saldo qualificado. Na oportunidade, o Ceará chegaria até a final da competição, mas acabaria derrotado pelo Grêmio de Luiz Felipe Scolari na decisão.

Como naquela oportunidade, o Internacional chega como favorito. Mesmo diante do bom momento do Ceará, atual líder da Série B, o time gaúcho desponta como candidato ao título, inclusive por estar ocupando atualmente um lugar no G4 do Brasileirão. A equipe do técnico Abel Braga vem de duas vitórias consecutivas pelo campeonato: 4 a 0 sobre o Flamengo, no Beira-Rio, e 1 a 0 sobre o Bahia, na Fonte Nova. Abelão, no entanto, se vê com alguns problemas para definir a equipe titular. Aránguiz, lesionado, está fora, dando lugar a Alex. Wellington e Wellington Silva, que já atuaram nesta Copa do Brasil por outras equipes (São Paulo e Fluminense, respectivamente), não têm condições legais de jogo. Assim, a tendência é que Gilberto assuma a lateral direita. No meio, há uma vaga, disputada entre João Afonso, Jorge Henrique e Cláudio Winck.

Jorge Henrique, aliás, é uma das boas notícias que Abel recebeu durante a semana. Recuperado de lesão, ele treinou nesta segunda-feira, antes do previsto, e fica à disposição. O mesmo vale para D’Alessandro, que deixou o campo da Fonte Nova no sábado por conta de dores, mas está totalmente disponível para a partida desta quarta-feira.

Se o Internacional vem de duas vitórias no Brasileirão, o Ceará também está em bom momento. Líder da Série B, tem quatro pontos de vantagem sobre o vice-líder América-MG. No sábado, a equipe obteve uma bela vitória por 3 a 2 sobre o Santa Cruz, em Recife, resultado que motivou elogios do técnico Sérgio Soares. "Tivemos problemas durante a semana. O Nikão e o Diego Ivo sentiram o cansaço e nem treinaram antes desse jogo. Mas vieram a campo e tiveram superação em campo", destacou. Elogiado, o meia Nikão concorda com o treinador: "A gente tem se superado. Sentimos a jornada exaustiva de jogos, mas faz parte do nosso trabalho", disse.

O cansaço foi destacado pelo técnico devido não apenas à Série B, mas ao fato de o Ceará ter atuado na última quarta pela própria Copa do Brasil. A equipe nordestina segurou um empate em 1 a 1 com a Chapecoense, em Fortaleza, após vencer o jogo de ida por 2 a 1, em Chapecó.

FICHA TÉCNICA
INTERNACIONAL X CEARÁ

Local: Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)
Data: 30 de julho de 2014, quarta-feira
Horário: 22h (de Brasília)
Árbitro: Fábio Filipus (PR)
Assistentes: Bruno Boschilia (Fifa-PR) e Luciano Roggenbaum (PR)

INTERNACIONAL: Dida; Gilberto (Cláudio Winck), Paulão, Juan e Fabrício; Willians, João Afonso (Jorge Henrique), D’Alessandro, Alex e Alan Patrick; Rafael Moura
Técnico: Abel Braga

CEARÁ: Jaílson; Marcos, Diego Ivo, Sandro e Vicente; João Marcos, Eduardo, Ricardinho e Nikão; Magno Alves e Bill
Técnico: Sérgio Soares

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas