Tamanho do texto

Técnico encarou ex-time e levou pernambucanos à vitória por 1 a 0, pela Série B do Campeonato Brasileiro

O atacante Tadeu encara a defesa do Icasa
Anderson Stevens/Agência Eleven/Gazeta Press
O atacante Tadeu encara a defesa do Icasa

O reencontro com o Icasa teve um desfecho positivo para o técnico Sidney Moraes. Na noite desta terça-feira, o comandante encerrou um retrospecto negativo pelo Náutico e viu sua equipe triunfar na Arena Pernambuco, pelo placar de 1 a 0, em partida válida pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. O gol foi marcado por Marinho, aos 38 minutos do primeiro tempo.

Veja como está a classificação da Série B do Campeonato Brasileiro

Assim, o Timbu chega aos 18 pontos, mas segue na metade inferior da tabela. Por sua vez, o Verdão do Cariri, estacionado nos 15, segue sob ameaça do rebaixamento.

No próximo compromisso, a equipe de Recife tem pela frente um clássico, diante do Santa Cruz. O duelo municipal está marcado para sábado, às 16h20 (de Brasília), no Arruda. Por sua vez, o clube de Juazeiro do Norte mede forças com o América-MG, na sexta-feira, às 19h30, no Estádio Mauro Sampaio, o popular Romeirão.

FICHA TÉCNICA
NÁUTICO 1x0 ICASA

Local : Arena Pernambuco, em São Lourenço da Mata-PE
Data : 29 de julho de 2014, terça-feira
Horário : 19 horas (de Brasília)
Árbitro : Paulo Schleich Vollkopf-MS
Assistentes : Clériston Cley Barreto Rios (Fifa-SE) e Leandro dos Santos Ruberdo-MS
Cartões amarelos : Marcos Vinícius e Paulinho (Náutico-PE); Gilberto, Guídio e Naylhor (Icasa-CE)
Cartão vermelho : Paulinho (Náutico-PE)

GOL :
NÁUTICO : Marinho, aos 38’ do 1T

NÁUTICO : Alessandro; Neílson, Edvânio, William Alves e Rai; Gilmak, Elicarlos, Paulinho e Marcos Vinícius (Vinícius); Marinho (Cláudio Leleu) e Tadeu (Luizinho Mello)
Técnico : Sidney Moraes

ICASA : Fábio; Paulo Henrique, Naylhor, Gilberto e Zé Carlos; Guídio, Foguinho e Dodó (Aelson); Eliomar (Alan Mineiro); Vanger e Neílson (Núbio Flávio)
Técnico : Leandro Sena

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.