Tamanho do texto

Óscar pode chegar ao Corinthians por meio de um grupo de investidores que negocia com o Cerro Porteño

Ángel Romero já marcou um gol e conquistou a torcida do Corinthians
Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians
Ángel Romero já marcou um gol e conquistou a torcida do Corinthians

Ángel Romero demorou muito pouco para conquistar a torcida do Corinthians e se encantar por ela. O atacante paraguaio agora torce para que o mesmo aconteça com seu irmão gêmeo, Óscar, que pode pintar no time paulista por meio de um grupo de investidores que negocia com o Cerro Porteño.

Confira a tabela completa, classificação, artilharia e notícias do Campeonato Brasileiro

"Isso seria ideal para mim e para minha família. Seria um sonho a mais cumprido na minha vida", afirmou o atacante, recomendando o irmão ao clube do Parque São Jorge e vice-versa. "Ele tem gana de estar aqui pelo que conto. Falo maravilhas do que é o Corinthians."

Diferentemente do irmão, Óscar Romero é canhoto e atua no meio de campo. Dirigentes do Cerro chegaram a falar sobre uma negociação com o Corinthians há algumas semanas, embora o interesse tenha sido negado do outro lado. Agora, existe a possibilidade de a transação ser fechada, seguida de um empréstimo a outro time.

No que depender de Ángel, o meia "vem hoje". Para o atacante, não há dúvida de quem é melhor: "Ele é melhor. Joga no meio, pode jogar na esquerda. É um grande exemplo para mim, porque é um grande profissional, trabalha com humildade. Ele tem vontade de fazer carreira no exterior, como sempre sonhamos", justificou.

O amor fraternal pesa bastante nos elogios. "Digo porque é meu exemplo. Se você perguntar, ele vai dizer que sou melhor. Não quero ser melhor do que ninguém, não sou. É preciso manter a humildade e tratar de mostrar em campo", disse o atacante.

"O gol do Paolo!"

O paraguaio Romero surpreendeu ao se dizer corintiano na chegada ao Parque São Jorge. E ele não tem dúvida sobre seu momento favorito da época em que, diz, torcia pelo clube do Parque São Jorge.

"O gol do Paolo!", respondeu, referindo-se ao cabeceio que definiu a vitória por 1 a 0 sobre o Chelsea na final do Mundial de 2012. "Foi um momento muito importante para toda a torcida. Estou orgulhoso de estar em uma equipe que foi campeã do mundo. Para mim, o Corinthians é incrível pelo que representa no meu país e em todo o mundo", ressaltou.

Essa torcida vem se transformando em entrega dentro de campo, algo que vem agradando cada vez mais a torcida do Corinthians. "É uma das minhas características: sempre entregar tudo dentro de campo. Vou defender à morte esta camiseta. Pela confiança que foi depositada em mim, o Corinthians merece. Tenho que devolver essa confiança dentro de campo, não só marcando gols mas deixando cada gota de suor em campo", afirmou o atacante, que já marcou um gol pelo time, na vitória sobre o Bahia por 3 a 0, pela Copa do Brasil.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.