Tamanho do texto

Dirigente que trabalhava no Figueirense substitui Ocimar Bolicenho, demitido na última segunda-feira

Após demitir Ocimar Bolicenho, o Bahia agiu rápido e anunciou seu novo diretor de futebol. Trata-se de Rodrigo Pastana, que estava no Figueirense. Em abril, o dirigente acabou sondado pelo clube, mas resolveu seguir em santa Catarina, onde conquistou o acesso para o Campeonato Brasileiro da Série A, em 2013, e o Estadual, no início deste ano.

"Fui pego de surpresa. Eles tinham feito o convite em abril, mas optei por não ir. Desta vez, acatei, até para tirar a pressão do Figueirense sobre uma única pessoa. Porém, acredito que os resultados virão para o Furacão do Estreito", ressaltou, em entrevista à Rádio CBN/Diário , de Florianópolis.

Em Salvador, Pastana, de início, já encontrará um ambiente conturbado. No início da semana, o CT do Tricolor acabou pichado por torcedores e o carro do atacante Maxi Biancucchi, apedrejado. Além do mais, clube ainda não contratou um substituto para Marquinhos Santos. Para o posto, Gilson Kleina, Enderson Moreira e Márcio Araújo são os mais cotados.

Entretanto, o dirigente está acostumado com situações de pressão. No clube alvinegro, apesar da boa convivência com o presidente Wilfredo Brillinger, tinha a desconfiança dos torcedores e viu a relação com os fãs se estremecer de vez durante a despedida de Marcos Assunção, que afirmou: "Não saí pelo Guto Ferreira, mas pelo fato de não conseguir conviver com o safado do Pastana".

Na última semana, o vice-presidente do Figueira, Rodrigo Passoni, durante sua renúncia, criticou o diretor, considerando que o mesmo acumulava poderes dentro do clube. Em resposta, Pastana o chamou de covarde.

Histórico

Pastana iniciou seus trabalhos no Figueirense em 11 de setembro de 2013. Trazendo consigo reforços pontuais, levou o clube à elite nacional e, neste ano, conquistou o Campeonato Catarinense. Entretanto, a má campanha na Série A e o relacionamento com dirigentes e jogadores - além dos torcedores alvinegros - tornaram sua permanência um fator insustentável.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.