Tamanho do texto

"Acho que é um jogo para a gente pensar e aproveitar a qualidade dos jogadores no tempo correto", disse o técnico

Reencontrar o caminho das vitórias. Mais do que os três pontos necessários na luta para sair da zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro, os 3 a 2 sobre o Grêmio , em Porto Alegre, esse foi o principal saldo positivo, deixando ainda a sensação de que o Coritiba pode ser competitivo, apesar a limitação de seu elenco. O técnico Celso Roth acredita que as mudanças que fez na equipe, aproveitando a semana de trabalho, ajudou para a montagem do time ideal para a partida.

Confira a classificação e os próximos jogos do Campeonato Brasileiro

"Acho que é um jogo para a gente pensar e aproveitar a qualidade dos jogadores no tempo correto", afirmou o comandante coxa-branca, que dentro desta linha destaca a entrada do meia Dudu, destaque nos treinamentos. "Construímos um jeito de jogar no começo do trabalho, mas dois jogadores se machucaram, o Robinho e o Gil, o Alex voltou, e continuamos procurando um jeito de jogar. Isso sem jogar mal. E hoje o Dudu foi uma opção, e foi muito bem", emendou.

A vitória finalmente veio, mas foi com emoção. Depois de sair na frente no placar, o Coxa permitiu a virada, chegando a assustar o treinador, que na lateral do campo temeu o pior. "Passa pela cabeça (perder novamente), infelizmente já aconteceu antes. Mas hoje conseguimos o gol no final. E foi um jogo de alto nível. Fomos felizes, espero que gente retome uma caminhada mais equilibrada no campeonato", avaliou.

Roth, que reclamou da atitude do grupo após a volta da intertemporada, agora defende seus jogadores e projeta outros bons duelos até o final de semana. "Os jogadores vem trabalhando muito bem. Mas é difícil. Eles foram ao Couto, perderam para o Figueirense e ouviram que foram 30 dias fazendo o quê. Agora temos que seguir nosso caminho. Temos a Copa do Brasil e depois, no final de semana, outro jogo interessante (contra o Corinthians)", concluiu.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.