Tamanho do texto

Meia marcou o gol de honra do São Paulo na derrota para o Goiás por 2 a 1, no Serra Dourada, e disse que não vê time dependente dele: "Acabei de chegar, como pode?"

Em sua reestreia pelo São Paulo , o meia Kaká teve uma atuação convincente e foi o jogador mais participativo na derrota para o Goiás por 2 a 1 , no Serra Dourada, em partida válida pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro. Feliz pelo gol marcado, o camisa 8 exaltou o bom rendimento, mas lamentou o revés, que deixa o clube do Morumbi com 19 pontos.

"Fiz um bom jogo. Me preparei bastante para reestrear e fazer um gol ajuda muito. No coletivo, não foi o resultado que esperava, mas muita coisa vai acontecer ainda. Hoje foi só minha primeira partida. Vou me aprimorar para seguir ajudando o São Paulo, em todos os sentidos", disse.

Confira classificação, tabela de jogos, artilharia e notícias do Campeonato Brasileiro

Kaká comemora gol pelo São Paulo diante do Goiás
Adalberto Marques/ Agif/Gazeta Press
Kaká comemora gol pelo São Paulo diante do Goiás

Adiante, Kaká negou que o esquema de Muricy Ramalho seja dependente de seu futebol e minimizou o fraco desempenho da equipe como um todo. "De forma alguma isso existe. Se eu acabei de chegar, como pode ocorrer uma dependência? Hoje foi um resultado atípico. Temos muito a melhorar e vamos evoluir para buscar a recuperação na tabela de classificação", expôs.

Leia mais:  Pedro Henrique lamenta vacilo com Kaká, mas exalta vitória do Goiás

Por fim, o camisa 8 discorreu sobre a sensação de ter balançado a rede com o manto tricolor. "Senti uma emoção imensa. Passou um filme na minha cabeça e lembrei de tudo que vivi aqui. Dedico esse tento à minha família e a todos que torceram por mim. Recebi muitos incentivos da torcida e isso certamente refletiu dentro de campo", completou.

O próximo compromisso do São Paulo será neste sábado, às 18h30 (de Brasília), diante do Criciúma. O palco do embate é o Estádio do Morumbi.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.