Tamanho do texto

Com gol de Alex aos 48 minutos, o time de Celso Roth venceu por 3 a 2, na Arena. O argentino Barcos até voltou a balançar as redes, mas não conseguiu impedir a virada

Em uma partida cheia de alternativas, o Coritiba surpreendeu  e venceu o Grêmio por 3 a 2, neste domingo, na Arena. Os centroavantes Zé Love e Barcos deixaram o jejum para trás e marcaram dois gols cada, mas foi Alex, no último lance da partida, quem deu a vitória ao Coxa, que irritou a torcida gremista ao ver a chance de se aproximar ao G4 cair por terra.

Confira a tabela completa do Campeonato Brasileiro

Zé Love marcou dois gols na vitória por 3 a 2 contra o Grêmio
Roberto Vinícius/Agência Eleven/Gazeta Press
Zé Love marcou dois gols na vitória por 3 a 2 contra o Grêmio

O Grêmio não conseguiu se impor no primeiro tempo. Pressionou nos primeiros minutos, mas logo começou a errar passes e ceder campo para o Coritiba criar perigo em mais de uma oportunidade, frustrando seu torcedor. O segundo tempo foi bem mais movimentado: o Coxa abriu o placar cedo, o Grêmio chegou à virada, mas cedeu o empate numa bola parada. A equipe gaúcha tentou a pressão em busca do terceiro gol, mas numa desatenção, tomou o terceiro, no último lance do jogo.

O Grêmio, que com a derrota cai para o 10º lugar, com 19 pontos, volta a campo no próximo sábado, contra o Vitória, em Salvador. Já o Coxa, 17º, com dez pontos, receberá o Corinthians, no domingo.

O jogo - Jogando em casa e precisando vencer, o Grêmio iniciou o jogo pressionando o Coritiba. Aos 6 minutos, a primeira chance: após escanteio, Riveros desviou de cabeça no primeiro pau, Vanderlei defendeu parcialmente e Giuliano manda o rebote em cima da zaga. Na jogada seguinte, Luan passou por Dener na ponta direita e cruzou para Fernandinho, que cabeceou em cima da zaga. O Coxa só foi chutar a gol aos 10, com Robinho, para fora.

Aos poucos, porém, a ansiedade por abrir o placar faria o Grêmio errar passes demais, dando ao Coritiba a possibilidade de equilibrar o jogo. Aos 22, Dudu deu corta-luz e Alex soltou uma bomba de primeira no travessão. Aos 28, Zé Love bateu cruzado, levando perigo a Marcelo Grohe. Nove minutos depois, Robinho chutou com perigo por cima.

Aos 40, o Coxa teve sua melhor chance na etapa inicial: Alex roubou de Giuliano, Zé Love deu a Robinho, ele driblou a marcação, mas Grohe salvou. Robinho pegou o rebote de voleio e acertou o travessão. O Grêmio respondeu dois minutos mais tarde, com Luan, que cruzou. Rhodolfo ganhou do goleiro Vanderlei pelo alto, mas tocou por cima.

Com a má atuação do primeiro tempo, Enderson Moreira voltou do intervalo com duas alterações: Rodriguinho e Matías Rodríguez entraram nos lugares de Ramiro e Saimon, para dar mais ofensividade e jogada pelo lado ao Tricolor Gaúcho. Não adiantou: aos 3 minutos, Robinho deixou Zé Love livre, para driblar Marcelo Grohe e fazer 1 a 0 para o Coxa.

O clima pesou com o gol do Coxa. Visivelmente ansioso, o Grêmio via a bola queimar nos pés de seus jogadores. Muito cobrado pela torcida após dois erros seguidos, foi o centroavante Barcos quem tirou o time do sufoco: aos 11 minutos, Fernandinho fez boa jogada pela esquerda e cruzou para o argentino fuzilar Vanderlei: 1 a 1. O Pirata não deixava o seu desde a vitória sobre a Chapecoense, na 4ª rodada do Brasileiro.

Animado com o gol, o Grêmio seguiu em busca da virada. Aos 18, Matías Rodríguez fez ótima jogada pela direita e cruzou, mas a zaga cortou antes da chegada de Barcos. Na jogada seguinte, o Pirata foi de novo às redes: Luan buscou a bola no meio e deu enfiada perfeita para o centroavante driblar Vanderlei e fazer 2 a 1 para o Grêmio.

Quando tudo parecia se encaminhar para uma vitória tranquila dos gaúchos, Zé Love empatou o jogo. Alex levantou falta para a área, a bola passou por todo mundo e o centroavante do Coxa deu um toquinho: 2 a 2. Foi uma ducha fria nos gaúchos, que demoraram a pressionar de novo. Aos 37, Rodriguinho chutou e Vanderlei pegou sem grandes problemas. A seguir, Matías Rodríguez tabelou com Giuliano e disparou para fora. Aos 41, Barcos recebeu livre na pequena área, mas Vanderlei fechou o ângulo e fez uma grande defesa.

Barcos ainda perdeu outra chance aos 44, cabeceando para nova defesa de Vanderlei. E quando tudo levava a crer que o empate prevaleceria, Alex recebeu lançamento livre na área gremista e fez 3 a 2, no último lance da partida.

FICHA TÉCNICA:
GRÊMIO 2 X 3 CORITBA

Local: Arena Grêmio, em Porto Alegre (RS)
Data : 27 de julho de 2014, domingo
Horário: 18h30 (de Brasília)
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (MG)
Assistentes: Márcio Eustáquio Santiago e Guilherme Dias Camilo (ambos de MG)
Cartões amarelos : Luccas Claro, Norberto (Coritiba); Luan e Matías Rodriguez (Grêmio)
Gols: (Coritiba) Zé Love (aos 3 e aos 27 minutos do segundo tempo) e Alex (aos 48 minutos do segundo tempo); (Grêmio) Barcos (aos 11 e aos 19 minutos do segundo tempo)

GRÊMIO: Marcelo Grohe, Pará, Rhodolfo, Geromel e Saimon (Matías Rodríguez); Ramiro (Rodriguinho), Riveros, Giuliano, Fernandinho (Jean Deretti) e Luan; Barcos
Técnico: Enderson Moreira

CORITIBA: Vanderlei, Norberto, Welinton, Luccas Claro e Dener Assunção; Germano, Baraka, Robinho (Élber) e Alex; Dudu (Keirrison) e Zé Love (Hélder)
Técnico : Celso Roth

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.