Tamanho do texto

Eleito o melhor jogador do Brasileiro do ano passado, meia tem se destacado neste ano, mas adota cautela por convocação

Eleito o melhor jogador do Campeonato Brasileiro do ano passado, Everton Ribeiro vive novamente uma boa fase. O meia é um dos principais jogadores do Cruzeiro , que repete o bom desempenho de 2013 e lidera a competição. Desta forma, o meia volta a ser cogitado na seleção brasileira, mas prefere manter a cautela e deixar a decisão para o novo treinador Dunga.

"Estou trabalhando forte no meu estilo de jogo, que é de meio-campista, armando jogadas e ajudando a equipe. Vou continuar fazendo assim e esperar a convocação. Tenho esse intuito, mas o Dunga está vendo os melhores que estão atuando", declarou o meia após a partida deste sábado, a goleada por 5 a 0 sobre o Figueirense no Mineirão.

Sem euforia, técnico aprova pressão do líder Cruzeiro em goleada

Apesar do placar elástico, Everton Ribeiro não marcou gols. Principal homem de criação do time de Marcelo Oliveira, o meia fez outra função com maestria. Ao organizar as jogadas de ataque do Cruzeiro, também foi o responsável por assistências que terminaram em gols, como para Ricardo Goulart, que voltou a balançar as redes e é o artilheiro do Campeonato Brasileiro.

Com espírito coletivo, o jogador garante que o mais importante é seguir contribuindo para o bom desempenho. "É um grupo, não importa quem faça o gol, fico feliz quando posso ajudar desta forma, com assistências aos meus companheiros. Jogamos sem vaidade, sem menosprezar ninguém, mas temos que colocar o nosso ritmo sempre."


* Com Gazeta Esportiva.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas