Tamanho do texto

"No começo é difícil, depois de seis meses sem jogar, mas estou trabalhando duro para readquirir o ritmo. Estou me soltando", disse o volante após os 2 a 0 sobre o Corinthians

Elias passou todo o primeiro semestre sem jogar até que sua difícil saída do Sporting pudesse ser oficializada. O volante entrou no time do Corinthians após a pausa do Campeonato Brasileiro para a Copa do Mundo e não demorou a fazer diferença, crescendo a cada jogo. O clássico deste domingo, com vitória por 2 a 0 sobre o Palmeiras foi provavelmente sua melhor partida.

"No começo é difícil, depois de seis meses sem jogar, mas estou trabalhando duro para readquirir o ritmo. Estou me soltando. Agradeço a todos pela confiança que depositaram em mim. Passaram a mão na minha cabeça e me acolheram muito bem. Espero ajudar ainda mais", afirmou.

Confira classificação, tabela de jogos, artilharia e notícias do Campeonato Brasileiro

A vitória por 2 a 0 sobre o Palmeiras teve participação direta do volante, devidamente elogiado pelo técnico Mano Menezes. Ele saiu de trás em sua movimentação característica, dando o passe para Guerrero abrir o placar e servindo Petros para que a contagem fosse fechada.

"O jogo de hoje vai me dar bastante confiança para o restante do ano. Passa um filme na cabeça ficar seis meses sem jogar, mas, graças a Deus, superei e pude fazer o que mais gosto, que é chegar ali na frente e marcar forte. Todo garoto sonha jogar um clássico como esse", comentou.

Para um garoto que assistiu ao Derby muitas vezes, participar de sua primeira edição em Itaquera foi mais especial ainda. "Eu, como corintiano, queria vencer mais do que todo o mundo", sorriu, prometendo mais na sequência do ano. "Sabia que cresceria no momento certo. Estou crescendo ainda."

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.