Tamanho do texto

Argel Fucks estreou levando 5 a 0 do Cruzeiro, mas reclamou do lance que originou o primeiro gol da partida no Mineirão

A estreia de Argel Fucks no comando do Figueirense não deixou uma boa impressão. Diante do Cruzeiro, no Mineirão, acabou goleado por 5 a 0 e segue na zona de rebaixamento no Campeonato Brasileiro da Série A. Porém, em defesa, o comandante protestou contra um pênalti marcado em favor da Raposa, aos 38 minutos do primeiro tempo.

"Temos que assumir a reponsabilidade pela derrota, isentando o árbitro, mas ele marcou um pênalti vergonhoso. Só faltou ele ir na marca e fazer o gol, para concluir o trabalho. Até o cego que estava no Mineirão viu que não foi nada", disparou o técnico.

No lance, o árbitro Gilberto Rodrigues Castro marcou pênalti em disputa de bola envolvendo Luan e Ricardo Goulart. O camisa 28 desabou após receber um contato do defensor alvinegro e viu o volante Lucas Silva inaugurar o marcador em Belo Horizonte, cobrando com calma e categoria, no canto direito de Tiago Volpi.

Veja como está a classificação do Campeonato Brasileiro

Após o primeiro tempo, a goleada virou questão de minutos. No segundo tempo, Marquinhos, Dedé, Ricardo Goulart e Dagoberto foram às redes em favor da equipe azul, que segue na liderança da elite nacional, com 28 pontos. Por sua vez, o clube de Florianópolis segue na degola, com apenas sete somados.

O próximo compromisso do Figueirense será no dia 3 de agosto, domingo, às 16 horas (de Brasília), diante do Sport. O palco do duelo é o Estádio Orlando Scarpelli, na capital catarinense.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.