Tamanho do texto

Na avaliação do treinador, atacante teve atuação decisiva na vitória deste sábado sobre a Chapecoense por 3 a 0

De volta ao time do Santos depois de se recuperar de estiramento no joelho esquerdo, Thiago Ribeiro teve atuação decisiva na vitória deste sábado sobre a Chapecoense, mesmo sem ter feito nenhum dos gols do triunfo por 3 a 0 . A avaliação é de Oswaldo de Oliveira.

"A volta dele foi preponderante, porque é um jogador de muita qualidade. No momento exato, ele tem a frieza de servir ou finalizar. Hoje, ele foi importantíssimo servindo os companheiros", destacou o treinador, na Vila Belmiro.

De fato, assim como o goleiro Aranha, autor de duas grandes defesas na segunda etapa, Thiago Ribeiro teve grande influência no resultado. Depois de encontrar dificuldades no primeiro tempo, o atacante deu duas assistências, uma para Gabriel e outra para Diego Cardoso, ambas em passes da linha de fundo.

Homenageado e com boas defesas, Aranha festeja "noite perfeita" pelo Santos

"Quando não dá para fazer gol, você ajuda com experiência, no comprometimento", disse o jogador, que suportou ficar em campo por mais tempo do que o esperado. A previsão era de que pudesse sair antes até do intervalo, mas ele foi substituído aos 37 minutos da segunda etapa.

"Fico feliz em voltar a jogar depois de mais de dois meses. Eu me sentia bem fisicamente, mas, pela falta de ritmo de jogo, não pensei que fosse aguentar ficar tanto tempo em campo. Mas consegui desenvolver um bom futebol, não senti tanto. Isso é uma coisa positiva", concluiu.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas