Tamanho do texto

Equipe de Joinville está no G4 do Campeonato Brasileiro da Série B e aposta no fator casa para seguir em alta

A 13ª rodada da Série B do Brasileiro coloca frente a frente duas das principais equipes de Santa Catarina. Invicto como mandante, com cinco vitórias e um empate, o Joinville recebe o Avaí neste sábado, às 16h20 (de Brasília), na Arena Joinville, em uma espécie de ‘clássico regional’ em meio à disputa da competição nacional.

Alternando-se nas três primeiras posições desde o início do campeonato, o Tricolor catarinense ocupa, atualmente, a terceira colocação, com 23 pontos somados, a apenas um ponto do líder Ceará. Já o Avaí, na Segunda Divisão há três anos seguidos, objetiva a vitória para se aproximar da zona de classificação à elite do futebol nacional. Com 20 pontos somados, a equipe da capital catarinense visa os três pontos para se igualar ao adversário na classificação geral.

Desclassificado da Copa do Brasil ainda na primeira fase, após perder para o Novo Hamburgo-RS, o elenco do Joinville teve a semana inteira ‘vazia’ para se dedicar aos trabalhos. Após uma derrota fora de casa para o ABC-RN, na última rodada da Série B, os comandados de Hemerson Maria apostam no incentivo da torcida para voltarem a vencer.

Veja como está a classificação da Série B do Campeonato Brasileiro

Os jogadores finalizaram, nesta sexta-feira pela manhã, a preparação para o clássico regional após atividade realizada no CT Morro do Meio. O treinador do JEC tem alguns problemas para escalar a equipe que vai a campo neste sábado. O zagueiro Bruno Aguiar e o volante Éverton, expulsos diante do ABC-RN, cumprirão suspensão automática e são ausências garantidas.

Preservado dos treinamentos por três dias consecutivos, o experiente meio-campista Marcelo Costa reapareceu no centro de treinamento, nesta sexta-feira, e participou normalmente do treinamento coletivo que antecedeu a partida. Além dele, Eduardo Ramos - possível substituto de Éverton no meio - também voltou a treinar com os companheiros.

Para ocupar a vaga de Bruno Aguiar na zaga, Hemerson Maria deve conceder oportunidade a um jovem defensor do elenco. Com apenas quatro partidas pelo Joinville, o zagueiro Thiago Medeiros formará a dupla de zaga titular ao lado de Anderson Conceição. "Sempre trabalho pensando em conquistar meu espaço dentro do clube. Não por prestígio pessoal, mas sim com o objetivo de ajudar o time a conquistar o acesso", comentou. "Tenho que trabalhar forte e aproveitar a chance", acrescentou o jogador de 22 anos.

Na linha de frente, Jael, artilheiro da Série B com oito gols, é a principal esperança de balançar as redes adversárias. Nos treinamentos durante a semana foram trabalhadas muitas jogadas tendo como referência o camisa 9. Além das jogadas dentro da área, o atacante se deslocou até a intermediária para trocar passes e criar lances de perigo.

Já o Avaí, após perder para o Palmeiras no meio de semana pela Copa do Brasil, dá uma pausa na disputa do torneio nacional para pensar na Série B. Para o clássico em Joinville (SC), o técnico Geninho poderá contar com a volta de três jogadores que ficaram de fora do duelo em Florianópolis. O goleiro Diego, e os laterais Bocão e Thiago Carleto voltam a ser relacionados e devem constar como opção para a comissão técnica.

Com dores na coxa esquerda, o experiente meio-campista Marquinhos foi poupado do último treino e, mesmo sendo dúvida para o confronto, deve acompanhar a delegação na viagem. Neste sábado, a comissão médica do Leão realiza uma última avaliação para determinar se o jogador tem ou não condições de atuar.

Sobre a situação do camisa 10, Geninho acha por bem aguardar uma posição mais precisa dos médicos. "Marquinhos é dúvida pela parte clínica. No exame, não foi constatada nenhuma lesão, mas é possível perceber um edema. Ele está fazendo tratamento intensivo e veremos se tem condição ou não de jogo", comentou o treinador. "Caso ele não tenha condição de jogo, eu fico com mais uma dúvida para saber se entro com Diego Jardel ou Eduardo Neto ali no meio", completou.

Além da incógnita no setor de meio campo, o comandante do Avaí tem outra dúvida no setor ofensivo, frente ao mau aproveitamento dos atacantes. "De ordem técnica tenho uma dúvida na frente. Ou manterei o Paulo Sérgio, ou colocarei o Roberto começando o jogo", explicou.

Apesar do mau resultado e da iminente desclassificação na Copa do Brasil, o Leão da Ilha busca a quarta vitória consecutiva no Brasileiro, após superar Icasa, Ponte Preta e Atlético-GO, para continuar se aproximando dos líderes da competição.

FICHA TÉCNICA:
JOINVILLE X AVAÍ

Local: Arena Joinville, em Joinville (SC)
Data: 26 de julho de 2014, sábado
Hora: 16h20 (de Brasília)
Árbitro: Paulo Henrique Godoy Bezerra (SC)
Assistentes: Nadine Schramm Camara Bastos e Ângelo Rudimar Bechi (ambos de SC)
Quarto árbitro: Evandro Tiago Bender (SC)

JOINVILLE: Oliveira, Edson Ratinho, Anderson Conceição, Thiago Medeiros e Murilo; Naldo, Washington, Eduardo Ramos e Marcelo Costa; Edigar Júnio e Jael
Técnico: Hemerson Maria

AVAÍ: Vagner, Bocão, Antônio Carlos, Pablo e Thiago Carleto; Eduardo Costa, Diego Felipe, Cléber Santana e Marquinhos (Diego Jardel ou Eduardo Neto), Antônio Lopes e Paulo Sérgio (Roberto)
Técnico: Geninho

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.