Tamanho do texto

Ex-jogador participou de um jogo beneficente em Córdoba, na Argentina, ao lado de outros atletas argentinos aposentados

Maradona não poupou críticas à seleção da Argentina, vice-campeã da Copa de 2014
AP
Maradona não poupou críticas à seleção da Argentina, vice-campeã da Copa de 2014

Aos 53 anos, o ex-jogador Diego Maradona mostrou lampejos de seus tempos de craque do futebol mundial durante um jogo beneficente em Córdoba, na Argentina, ao lado de outros atletas argentinos aposentados. Principal atração do evento, Maradona foi protagonista com a bola rolando e ainda marcou um golaço, de cobertura. E, após a partida, o polêmico ex-camisa 10 soltou verbo, sendo que o alvo foi a própria seleção argentina, vice-campeã mundial em 2014.

"Essa seleção não jogou nada. Se fizéssemos um combinado entre os veteranos, também teríamos vencido os primeiros jogos", ironizou Maradona. As criticas de ainda sobraram para o técnico Alejandro Sabella. "Comigo, Messi jogou cinco vezes melhor que com Sabella. Não me venham com essa de que ele se sacrificou pela equipe", afirmou o veterano, que dirigiu a Argentina na Copa de 2010.

O ex-jogador ainda opinou sobre uma possível troca de comando na seleção albiceleste. "Nem Sabella, nem Russo (Miguel Ángel, técnico do Rosário Central especulado para o cargo) me agradam. Há alguém esquecido: Menotti (Cesar Luis), que é contra essa máfia e não tem emprego", declarou Maradona, citando o técnico campeão mundial em 1978 com a Argentina, que, aos 75 anos, está sem clube desde 2007.

*Com Gazeta

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.