Tamanho do texto

Em amistoso com a Eslovênia, antes da Copa, os jogadores da seleção estenderam uma faixa que dizia: "As Malvinas são argentinas", infringindo regras da Fifa sobre conotação política

Reuters

Jogadores da seleção estenderam faixa com mensagem:
Reprodução/Twitter
Jogadores da seleção estenderam faixa com mensagem: "As Malvinas são argentinas"

A Fifa repreendeu a Associação de Futebol Argentino (AFA) e multou a entidade em 30 mil francos suíços (33.200 dólares) depois de jogadores da seleção do país serem fotografados com uma faixa com conotação política antes de um amistoso contra a Eslovênia em junho, informou a entidade que comanda o futebol mundial nesta sexta-feira.

Alguns jogadores ficaram atrás da faixa que dizia "Las Malvinas son argentinas" antes do jogo em Buenos Aires, infringindo as regras da Fifa sobre ação política e condutas inapropriadas das equipes.

A Argentina e a Grã-Bretanha, que chama as ilhas de Falklands, travaram uma guerra em 1982 pelo controle das Malvinas, que é território britânico desde 1833.

É a segunda vez que a Fifa multa a AFA neste mês. Uma outra sanção de 300 mil francos suíços (340 mil dólares) foi imposta depois que os jogadores da seleção argentina não compareceram a uma entrevista coletiva pré-jogo durante a Copa do Mundo encerrada neste mês no Brasil.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.