Tamanho do texto

Meia estava com salários e direito de imagem atrasados, mas as pendências foram acertadas na quebra contratual

Jorge Wagner chegou ao Botafogo neste ano
Vitor Silva/SSPress
Jorge Wagner chegou ao Botafogo neste ano

Camisa 10 do Botafogo na disputa da última Libertadores, o meia Jorge Wagner rescindiu seu contrato com o clube de General Severiano. Nesta quinta-feira, o meia se reuniu com membros da diretoria e acertou sua saída, que possuía término no final do ano, de maneira amigável. Assim, seu provável destino é o futebol japonês.

O armador de 35 anos chegou para ser titular na formação de Eduardo Hungaro, mas oscilou e acabou amargando o banco de reservas com o atual técnico Vágner Mancini. Em sua rápida passagem pelo clube, o atleta marcou três gols em 21 partidas. Assim como o elenco, o baiano estava com salários e direito de imagem atrasados, mas as pendências foram acertadas na quebra contratual, que não teve os valores revelados.

Afastado do elenco nos últimos dias com uma lesão na coxa esquerda, sofrida no compromisso contra o Sport pelo Brasileirão, Jorge Wagner deve marcar presença no treinamento noturno desta sexta-feira, para se despedir dos companheiros. Para reforçar o setor de armação, Mancini, que já chegou a improvisar o lateral Edílson no setor, possui como prováveis peças Carlos Alberto e o jovem Daniel.

No Japão, o meia possui passagem de sucesso pelo Kashiwa Reysol, clube que defendeu no período compreendido entre 2011 e 2013. Com o manto amarelo, onde disputou o Mundial de Clubes, ao lado do técnico Nelsinho Baptista, o armador possui 29 gols em 134 aparições.

*com Gazeta

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.