Tamanho do texto

O técnico Vagner Mancini poderá contar com alguns jogadores que não participaram da última partida, como Emerson Sheik e o lateral direito Edilson, que estavam suspensos

O Botafogo tem uma importante missão pela frente: vencer o clássico contra o Flamengo no próximo sábado, às 18h30 (de Brasília), no Maracanã, em partida válida pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro . O alvinegro chega embalado graças à vitória contra o Coritiba na jornada passada e sabe que precisará de tranquilidade para vencer o lanterna rubro-negro.

Confira classificação, tabela de jogos e artilharia do Campeonato Brasileiro

Jefferson, goleiro do Botafogo, participa de treinamento
Flickr/Botafogo
Jefferson, goleiro do Botafogo, participa de treinamento

"Acho que será um jogo decidido no detalhe, como a maioria dos clássicos. Os dois times sabem que não podem perder. O Flamengo quer sair de qualquer maneira da zona de rebaixamento e nós não queremos encostar na parte de baixo da tabela. Portanto, os dois entram pressionados, sem poder errar. Equilíbrio e tranquilidade serão fundamentais", analisou o zagueiro Dória.

O técnico Vagner Mancini poderá contar com alguns jogadores que não participaram da última partida, como é o caso do atacante Emerson Sheik e do lateral direito Edilson, que estavam suspensos. Assim como o meia Carlos Alberto, recuperado de dores no joelho. O volante Aírton também estará à disposição. O lateral esquerdo Junior Cesar é o único que ficará de fora, além de Jorge Wagner, com a coxa lesionada.

"Poderíamos estar em uma situação bem melhor na tabela de classificação e pretendemos brigar por coisas maiores nesse Brasileirão. Sabemos que isso só será possível se vencermos partidas importantes como essa contra o Flamengo. A responsabilidade e a cobrança são grandes, mas com tranquilidade tudo dará certo", disse o goleiro Jefferson.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.