Tamanho do texto

Técnico Sérgio Guedes considera a possibilidade de poupar alguns jogadores, tendo em vista o jogo de sábado pela Série B

Após duas derrotas consecutivas na Série B, o Santa Cruz tenta a reabilitação com apoio da torcida, nesta quarta-feira, às 22h (de Brasília), diante do Botafogo-PB, pelo jogo de volta da segunda fase da Copa do Brasil. Em virtude da igualdade no placar fora de casa, no jogo de ida, a equipe joga pelo empate sem gols para avançar a terceira fase da competição.

O treinador do time pernambucano, Sérgio Guedes, considera a possibilidade de poupar alguns jogadores, tendo em vista o jogo de sábado, diante do líder Ceará, no Arruda, pelo Brasileiro. Porém, é necessário, em primeiro plano, avançar na Copa do Brasil para recuperar o ânimo do elenco, abalado após o mau retrospecto na volta do recesso para o Mundial.

"Inicialmente é preciso formar uma equipe que passe de fase, independente das possíveis trocas que possam acontecer. Quando eu digo que tenho uma equipe ajustada e entrosada, com muita gente querendo oportunidade, significa que quem está na posição precisa se cuidar muito bem por que quem quer a chance está pronto para ela", alertou. "Como comandante, preciso considerar todas as possibilidades", acrescentou o técnico.

Acerca do frágil sistema defensivo, que sofreu sete gols em duas partidas, Sérgio destacou a necessidade de ajustes. "É um exagero, não tem como fugir disso. A maneira pela qual aconteceu é que eu preciso considerar. Porque, às vezes, o lance é originado em uma saída de bola e expõe a defesa. Dizer que a zaga tem responsabilidade parcial, evidente, tudo bem, mas não total", comentou.

Na reapresentação do Santa Cruz, nesta segunda-feira, após a derrota por 3 a 2 em Goiânia (GO), os atletas foram a campo para realizar um trabalho tático. A movimentação contou com a presença de Carlos Alberto, peça importante do setor de meio campo, que se recuperou de lesão e está à disposição para o jogo.

Em contrapartida, Éverton Sena e Renatinho, com dores musculares, não participaram da movimentação. Já o meio-campista Raniel, suspenso preventivamente no Campeonato Pernambucano por ter sido pego no exame antidoping, aguarda um posicionamento do Tribunal de Justiça Desportiva (TJD) para saber se poderá se integrar novamente ao elenco. Zeca e Julinho trabalharam normalmente e mostram estar recuperados fisicamente. O jovem meio-campista Natan também está em boas condições de jogo, tendo entrado no time titular durante o coletivo.

Do outro lado, o Botafogo-PB dá uma pausa na disputa da Série C do Brasileiro para tentar reverter o placar da primeira partida e avançar na Copa do Brasil. O clube paraibano quer a vitória para deixar de lado a imagem vexatória que marcou as participações da equipe na competição até o momento, sustentada pelas derrotas de 10 a 0 para o São Paulo, em 2001, e de 7 a 0 para o Vasco, em 2006, ambas fora de casa.

Na intenção de reescrever a história, a delegação do Belo desembarca em Recife nesta terça-feira à noite para se concentrar visando o duelo no Arruda. Após o empate fora de casa diante do ASA-AL, no último domingo, o que rendeu ao time a quarta posição na tabela, o elenco retomou os trabalhos no CT na tarde desta terça. Enquanto os titulares fizeram um trabalho regenerativo na academia, os reservas foram a campo realizar um trabalho tático.

Em virtude da boa apresentação na última partida pelo Brasileiro, há uma tendência que a base titular deva ser mantida. O time comandado por Marcelo Vilar precisa de uma vitória simples, ou qualquer empate por mais de dois gols, para conseguir se classificar a próxima fase da competição nacional. Um empate sem gols favorece os donos da casa, enquanto o mesmo placar do jogo de ida - 1 a 1 - garante decisão na disputa de pênaltis.

FICHA TÉCNICA:
SANTA CRUZ x BOTAFOGO-PB

Local: Estádio do Arruda, em Recife (PE)
Data: 23 de julho de 2014, quarta-feira
Horário: 22h (de Brasília)
Árbitro: Jefferson Schmidt (SC)
Assistentes: Ângelo Rudimar Bechi e Rosnei Hoffmann Scherer (ambos de SC)
Quarto árbitro: Sebastião Rufino Ribeiro Filho (PE)

SANTA CRUZ: Tiago Cardoso, Tony, Marllon, Leandro Souza e Julinho; Memo, Sandro Manoel, Danilo, Carlos Alberto; Léo Gamalho e Pingo
Técnico: Sérgio Guedes

BOTAFOGO-PB: Genivaldo, Ferreira, Magno Alves, André Lima e Badé; Zaquel, Pio, Doda e Lenílson; Lúcio Curió e Frontini
Técnico: Marcelo Vilar

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas