Tamanho do texto

Ex-jogador Patrick Vieira não quis continuar amistoso contra time da Croácia

A equipe sub-21 do Manchester City, comandada pelo ex-volante e campeão mundial pela França em 1998 Patrick Vieira, abandonou um amistoso disputado contra o HNK Rijeka, da Croácia, sob a alegação de que o meio-campista Seko Fofana foi alvo de insultos racistas, feitos por um atleta do time adversário.

A reação de Fofana aos insultos resultou na expulsão do jogador. Segundo o Twitter do City, o jogador recebeu o cartão vermelho por causa de "um incidente ocorrido sem a bola em campo".

No retorno ao gramado para o segundo tempo, Vieira conversou com o árbitro e decidiu retirar sua equipe do campo e abandonar a partida, que estava sendo vencida por 1 a 0 pelos croatas.

Em seu site oficial, o Manchester City divulgou uma nota dizendo que "representantes do clube na Croácia e em Manchester estão em contato com as autoridades, os organizadores do jogo e a Associação de Futebol da Croácia para estender este assunto."

Por sua vez, o Rijeka adotou um tom irônico ao comentar a decisão de Vieira, também em seu site oficial. "O técnico Patrick Vieira entrou em campo, discutiu algo com o árbitro e então ele optou por tirar seu time de campo. Quais as razões? Apenas ele sabe. Talvez eles esperavam um rival fácil".

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas