Tamanho do texto

Time potiguar consegue vitória pelo placar mínimo e jogará pelo empate no jogo de volta para seguir na Copa do Brasil

O torcedor do ABC já estava desanimado com o tropeço de sua equipe na terceira fase da Copa do Brasil , mas um pênalti salvador, aos 48 minutos do segundo tempo, deixou o time em vantagem no mata-mata contra o Novo Hamburgo. No Frasqueirão, Rodrigo Silva foi o responsável por garantir a vitória do time de Natal, por 1 a 0.

Confira a tabela de jogos, artilharia e notícias da Copa do Brasil

Ciente de que precisava fazer um bom resultado diante de sua torcida, para depois decidir no Rio Grande do Sul, Zé Teodoro não demorou a desaprovar o desempenho de sua equipe. O treinador pedia movimentação do ataque para tentar envolver o adversário, mas o que se via no estádio do Frasqueirão era um jogo fraco, com pouquíssimas jogadas de perigos dos dois lados.

Ao longo dos primeiros 45 minutos, o time da casa conseguiu assustar apenas uma vez, com Rodrigo Silva, que aproveitou o cruzamento na área. O Novo Hamburgo, por sua vez, precisou dos acréscimos da etapa inicial e da ajuda do goleiro Gilvan para conseguir ter ao menos uma chance de buscar um importante gol fora de casa. A esperança era de um segundo tempo melhor.

Na volta do intervalo, os anfitriões, com a necessidade de vencer, voltaram mais abertos. Aos 10, Daniel Amor fez boa jogada, cruzou para Gilmar, mas o atacante desperdiçou a chance. Na sequência, Lúcio Flávio quase encontrou Rodrigo Silva livre para fazer o gol, porém a zaga chegou antes. O Novo Hamburgo ainda chegou na bola parada, sem conseguir assustar de forma efetiva.

Zé Teodoro tentou usar o banco de reservas e atendeu aos pedidos da torcida: João Paulo e Somália, após muitos pedidos no Frasqueirão, entraram em campo para tentar decidir nos minutos finais. A tentativa, porém, parecia fracassar. Em um jogo com pouca técnica e raras jogadas construídas, ABC e Novo Hamburgo caminhavam para um empate sem gols.

No último minuto da partida, no entanto, um lance salvador garantiu a vitória sofrida do ABC. Aos 48, em bola na área do Novo Hamburgo, a bola tocou na mão do zagueiro Fred, e o árbitro marcou o pênalti. Rodrigo Silva foi para a cobrança e não desperdiçou, selando o triunfo do Mais Querido. Por reclamar muito do lance, o gaúcho Lucas Santos ainda foi expulso após o apito final.

A decisão, portanto, ficou totalmente aberta para o jogo da volta, que será realizado na próxima quarta-feira, dia 30, às 19h30 (de Brasília), no estádio do Vale. O vencedor do confronto avança às quartas de final, mas ainda não conhecerá o seu adversário. Nesta fase, a Copa do Brasil tem a entrada dos participantes da Libertadores e haverá um sorteio para definir os confrontos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas