Tamanho do texto

Treinador foi demitido horas depois de o gerente Felipe Ximenes assegurar a permanência dele no cargo. Luxemburgo assume o Flamengo pela quarta vez na carreira

Ney Franco não é mais o técnico do Flamengo . Pouco tempo depois de Felipe Ximenes assegurá-lo no cargo, o site do clube informou a queda do comandante após reunião dele com o presidente Eduardo Bandeira de Mello e o diretor de futebol Felipe Ximenes e anunciou o retorno do técnico Vanderlei Luxemburgo, que até então estava desempregado.

O técnico Vanderlei Luxemburgo está de volta ao Flamengo
Gazeta Press
O técnico Vanderlei Luxemburgo está de volta ao Flamengo

O novo treinador assina contrato até o fim de 2015 e fará a sua estreia partida no clássico contra o Botafogo, no próximo domingo, no Maracanã. Além do comandante, chegam ao clube o preparador-físico Antônio Mello e o auxiliar-técnico e ex-jogador Deivid, que desistiu de fazer um estágio no Avaí.

Ney Franco chegou ao Flamengo em maio para substituir Jayme de Almeida. Naquela oportunidade, ele deixou o comando do Vitória e também era pretendido pelo Palmeiras. Foram sete partidas à frente no comando do time. 

Na última terça-feira, Felipe Ximenes afirmou que Ney Franco permaneceria no clube. A multa rescisória R$ 1 milhão, equivalente a dois meses de receita do treinador com salário, patrocinador e direitos de imagem, teria contribuído para a decisão anterior. Por outro lado, o presidente estava pressionado por conselheiros.

Nos bastidores do Flamengo, um grupo de ex-presidentes se reuniu na noite de segunda-feira e exigiu mudanças drásticas no departamento de futebol. O grupo, liderado por Márcio Braga, conta com o apoio de Hélio Ferraz e Kléber Leite. A primeira exigência era a demissão do técnico e a colocação de Marcos Brás como vice-presidente de futebol, cargo vago desde a saída de Wallim Vasconcellos. 

A assessoria pessoal de Ney Franco emitiu um comunicado sobre a saída do técnico do Flamengo:

"Apresentado pelo Flamengo no dia 14 de maio, Ney Franco não é mais treinador do clube. O técnico agradece pelo tempo à frente do Rubro-Negro e deseja boa sorte ao time na sequência da temporada.

- Gostaria de agradecer à diretoria, que acreditou no meu trabalho e sempre me deu todo respaldo necessário. Quero agradecer também aos jogadores, com os quais nunca tive nenhum tipo de problema. Todos demonstraram empenho nos momentos difíceis, mas não conseguimos, juntos, os resultados. Infelizmente, as vitórias não vieram e tivemos de interromper o trabalho - afirmou o treinador.

- Tomamos a decisão em comum acordo, juntamente da diretoria, após reunião. Desejo toda sorte ao Flamengo, clube de grande história no futebol, e agradeço pela oportunidade - finalizou Ney Franco.

Por ora, Ney Franco prefere se resguardar e não conceder entrevistas. No momento apropriado, quando se sentir à vontade para comentar a saída do Flamengo, ele atenderá aos veículos de comunicação. Ney espera que todos entendam e respeitem esta decisão."

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas