Tamanho do texto

Profissionais reivindicam o pagamento dos salários que estão atrasados e pedem para que os clubes cumpram os contratos

Os jogadores de futebol do Equador anunciaram o início de uma greve a partir desta quarta-feira. A decisão foi tomada pela Associação de Futebolistas do Equadorem protesto à falta de pagamento de salários por parte de times das duas principais divisões do futebol local.

"A paralisação será por tempo indeterminado. Terminará quando atingirmos nossos objetivos", afirmou Jorge Guzmán, gerente da Associação de Futebolistas do Equador, em entrevista à AFP.

Além de pleitearem o pagamento dos salários, os jogadores querem que os clubes cumpram os compromissos contratuais e, principalmente, o pagamento de multas quando algum vínculo é quebrado.

"A greve é o último recurso que foi encontrado pelos jogadores do país ante a desatenção de que estão sendo vítimas", completou Guzmán.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.