Tamanho do texto

Equipe paulista conseguiu sua primeira vitória na nova casa contra o Internacional, e espera conquistar a segunda para poder encaminhar a classificação na Copa do Brasil

Depois de conseguir sua primeira vitória em Itaquera, o Corinthians vai fazer sua primeira partida de mata-mata na nova casa. Iniciando o duelo que vale uma vaga nas oitavas de final da Copa do Brasil , a equipe receberá o Bahia a partir das 22h, na Arena Corinthians.

"Dentro de casa, a gente tem que se impor", afirmou o zagueiro Gil, para quem o time do Parque São Jorge tem condições de brigar pelo título sem perder força no Campeonato Brasileiro - no Nacional de pontos corridos, os comandados de Mano Menezes estão em segundo lugar.

O confronto será o primeiro dos programados para Itaquera em uma semana importante para o Corinthians, que enfrentará o arquirrival Palmeiras no domingo. Embora já exista a expectativa pelo primeiro clássico na arena, os jogadores pedem concentração diante de um adversário que vem de empate por 1 a 1 com o Atlético-MG em Belo Horizonte.

Repetir o resultado, especialmente por causa do gol marcado fora de casa, será considerado ótimo pelo Bahia, que não ganha faz tempo. Foi há mais de dois meses que a equipe tricolor conseguiu um triunfo, em 14 de maio, justamente no jogo que a colocou na terceira fase da Copa do Brasil.

Com a preocupação de fechar os espaços e aproveitar contra-ataques, a formação terá Adailton, Marcos Aurélio e Maxi Biancucchi como novidades. Do lado paulista, é provável a entrada do atacante Ángel Romero no lugar do meia Petros por uma formação mais ofensiva.

FICHA TÉCNICA
CORINTHIANS X BAHIA

Local: estádio de Itaquera, em São Paulo (SP)
Data: 23 de julho de 2014, quarta-feira
Horário: 22h (de Brasília)
Árbitro: Igor Junio Benevenuto (MG)
Assistentes: Celso Luiz da Silva (MG) e Luiz Antonio Barbosa (MG)

CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Cleber, Gil e Fábio Santos; Ralf, Elias e Jadson; Luciano, Guerrero e Romero
Técnico: Mano Menezes

BAHIA: Marcelo Lomba; Diego Macedo, Titi, Adailton, Guilherme Santos; Fahel, Uelliton, Léo Gago, Emanuel Biancucchi; Marcos Aurélio e Maxi Biancucchi
Técnico: Marquinhos Santos

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.