Tamanho do texto

Jogo de ida em duelo pela segunda fase da Copa do Brasil teve vitória por 2 a 1 do time nordestino, que atuou como visitante

Chapecoense e Ceará se enfrentaram pelo jogo de ida da segunda fase da Copa do Brasil no dia 14 de maio, na Arena Condá. Na ocasião, o time visitante venceu por 2 a 1. O jogo de volta acontece nesta quarta-feira, às 19h30 (de Brasília), no estádio Presidente Vargas, em Fortaleza. O Ceará pode perder por até um gol de diferença e ainda assim garantir a classificação para a próxima fase do torneio.

Depois de vencer o Icasa e retomar a liderança da Série B no último sábado, o elenco do Ceará se reapresentou na última segunda para dar início à preparação para o segundo confronto com os catarinenses. Sérgio Soares comandou um trabalho de posse de bola e marcação, seguido de um treino tático, onde priorizou o posicionamento e a criação de jogadas.

O elenco finalizou a preparação na tarde desta terça, no estádio Carlos de Alencar Pinto (Vovozão) com treino de passes e finalizações. O meia Eduardo, que faz seu quarto jogo na Copa do Brasil pelo Ceará, afirmou que o elenco buscará outra grande atuação.

"Sei que temos a vantagem do empate, mas precisamos jogar com muita vontade e dedicação. Se mantivermos uma sequência boa de resultados, vamos seguir mais fortes nas competições que estamos disputando. O nosso adversário é um grande time, não é à toa que está na Série A. Temos de entrar atentos, até porque eles já deram prova do potencial que têm, quando venceram o São Paulo, no Morumbi, nesse fim de semana", declarou.

Para a partida, o comandante Soares não terá à sua disposição os jogadores Lulinha, Gil e Lima, já que os três atletas já atuaram por outros times nesta edição da Copa do Brasil e o regulamento não permite que um jogador defenda mais de clube na mesma temporada do torneio. O meia-atacante Lulinha atuou pelo Criciúma (SC), enquanto os atacantes Lima e Gil atuaram pelo Paysandu (PA) e São Bernardo (SP), respectivamente. Já o lateral-direito Samuel Xavier sofreu uma entorse no tornozelo e é dúvida para o jogo.

Já a Chapecoense foi protagonista da zebra da 11ª rodada da Série A ao vencer o São Paulo por 1 a 0 no Morumbi no último sábado. Após o triunfo, o elenco seguiu para Fortaleza no domingo à tarde e realizou um treinamento físico na academia na segunda-feira, seguido por um trabalho técnico e tático comandando pelo interino Celso Rodrigues no campo da Universidade de Fortaleza (Unifor). A equipe encerrou os trabalhos nesta terça-feira.

Para avançar no torneio, a Chape precisa fazer 2 a 0 ou conseguir uma vitória por uma diferença de mais de três gols. Em caso de triunfo do Verdão por 2 a 1, a decisão vai para os pênaltis. O volante Ricardo Conceição, que já atuou pelo Paraná Clube na competição, é desfalque para a equipe catarinense.

Ciente do desafio que a Chapecoense vai enfrentar, o goleiro Danilo se mostrou confiante para buscar o resultado com dedicação máxima.

"Será um confronto muito difícil porque temos que fazer pelo menos dois gols para classificar, mas nosso time está empenhado e vamos com força total para buscar o resultado e passar para a próxima fase", afirmou o goleiro.

Quem avançar para a terceira fase enfrenta o Internacional. O jogo de ida será no Beira-Rio.

FICHA TÉCNICA
CEARÁ x CHAPECOENSE

Local: Estádio Presidente Vargas (CE)
Data: 23 de julho de 2014, quarta-feira
Horário: 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Flavio Rodrigues de Souza (SP)
Assistentes: Rogério Pablos Zanardo (SP) e Marcio Luiz Augusto (SP)

CEARÁ: Jaílson; Marcos, Diego Ivo, Sandro e Vicente; João Marcos, Marcos Vinícius, Eduardo, Nikão e Ricardinho; Magno Alves e Bill
Técnico: Sérgio Soares

CHAPECOENSE: Danilo; Fabiano, Jaílton, Rafael Lima e Rodrigo Biro; Wanderson, Bruno Silva, Dedé, Nenén e Camilo; Bruno Rangel
Técnico: Celso Rodrigues

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.