Tamanho do texto

Contratado durante a pausa do Mundial para livrar a equipe do rebaixamento, o treinador não conseguiu um bom retrospecto

A passagem de Francisco Diá pelo Oeste durou apenas um mês. Contratado durante a pausa do Mundial para livrar a equipe do rebaixamento, o treinador não conseguiu um bom retrospecto e, após duas derrotas em três jogos - contra América-MG e Atlético-GO -, foi demitido pela diretoria nesta quarta-feira, na volta ao interior paulista.

O vice-presidente de futebol do clube, Mauro Guerra, confirmou em entrevista ao portal Futebol Interior a demissão do técnico e anunciou que o substituto deve ser confirmado até o final de semana. "Acabamos de chegar a Itápolis (SP), mas ele (Francisco Diá) está fora sim", comunicou. "Ainda vamos estudar alguns nomes. Precisamos pensar bem e sem pressa para escolhermos o substituto para a sequência da Série B", acrescentou o cartola.

Enquanto o Rubrão não acerta com nenhum nome para comandar a equipe na sequência da competição nacional, os treinos do elenco deverão ser ministrados pela comissão técnica. Caso a indefinição no comando permaneça até sexta-feira, data da partida contra o Luverdense, o preparador físico Fabiano deverá estar à frente do banco de reservas no Estádio dos Amaros.

Com a competição acirrada, tendo em vista que o Oeste tem apenas um ponto a mais que Paraná e Bragantino, companheiros da zona da degola, uma vitória na próxima rodada é fundamental para o rubro-negro interiorano ganhar um fôlego a mais na disputa contra o rebaixamento.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.