Tamanho do texto

Equipe nordestina busca vaga nas oitavas da competição, fase que não disputa desde 2000, quando encarou o Palmeiras

O ABC recebe nesta quarta-feira o Novo Hamburgo no Frasqueirão, em Natal, às 19h30 (de Brasília) em busca de uma vaga nas oitavas de final da Copa do Brasil. Favorito, o time potiguar irá tentar uma boa vantagem em casa antes do duelo de volta, a ser disputado na próxima semana, no Rio Grande do Sul.

A equipe nordestina não disputa as oitavas de final da competição desde 2000, quando deu trabalho para ser batido pelo Palmeiras. Nas últimas 13 edições, o ABC bateu na trave, quase sempre sendo eliminado no mesmo estágio em que se encontra atualmente, hoje chamado de terceira fase.

Para alcançar o objetivo, no entanto, o ABC terá de superar alguns problemas. São quatro desfalques certos: O atacante João Henrique e o volante Renan Silva, que se recuperam de lesão, e os volantes recém-chegados Marcel e Michel Benhami, que já jogaram pela Caldense na edição atual da Copa do Brasil e não poderão jogar.

Além disso, o técnico Zé Teodoro aguarda o possível retorno do atacante Dênis Marques e do meia Rogerinho, que estavam no departamento médico. A dupla apresentou melhora nos últimos dias, mas seguirão como dúvidas até o horário da partida.

No Novo Hamburgo, o clima é de que não há nada a perder. Sem disputar nenhuma divisão do Brasileirão neste ano, o time gaúcho reconhece a superioridade do adversário, mas traz na bagagem um surpreendente triunfo sobre o Joinville logo na primeira fase, eliminando uma equipe que também disputa a Série B nacional.

"Estamos todos motivados para esse jogo. Para mim, será o mais importante do ano. Esperamos conseguir levar um bom resultado para Novo Hamburgo", analisou o atacante Juba. O único desfalque da equipe é o meia Preto, que cumpre um gancho de dois jogos de suspensão.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.