Tamanho do texto

Técnico corintiano espera encontrar um adversário fechado e, por isso, quer mais velocidade nas ações ofensivas da equipe

Ángel Romero conversa com Mano Menezes em treino do Corinthians
Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians
Ángel Romero conversa com Mano Menezes em treino do Corinthians

O Corinthians espera encontrar na noite de quarta-feira, em Itaquera, um adversário que pode lhe criar muita dificuldade. Para superar um Bahia que imagina bastante fechado, o técnico Mano Menezes preparou alterações na maneira que a equipe vai atuar no confronto, pela Copa do Brasil .

O mais provável é que o atacante Ángel Romero substitua o meio-campista Petros, desgastado pela sequência de partidas. Com o paraguaio de um lado e Luciano do outro, a ideia é abrir a defesa adversária.

"Ter mais posse de bola não leva obrigatoriamente a jogar com dois pontas", esquivou-se Mano, que fechou o treinamento de terça por mais de uma hora para fazer os ajustes necessários.

De acordo com o treinador, o fato de o gol fora de casa ser critério de desempate não é motivo para um cuidado extra para não tomá-lo. Na briga por uma vaga nas oitavas de final, o Corinthians promete buscar os gols para carregar uma vantagem ao jogo de volta, daqui a duas semanas, em Salvador.

"O Bahia vai esperar mais, jogar no nosso erro, porque o regulamento da competição incentiva isso. Não podemos deixar o jogo disputado nesse ritmo (lento). Precisamos superar isso com um toque mais rápido e um deslocamento mais intenso", comentou o comandante.

Velocidade foi justamente o que proporcionou a elogiada entrada de Romero no último final de semana. Assim, é provável que a formação corintiana seja a seguinte em Itaquera: Cássio, Fagner, Cleber, Gil e Fábio Santos; Ralf, Elias e Jadson; Luciano, Guerrero e Romero.

* Com Gazeta

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.