Tamanho do texto

Equipes estão empatadas na terceira posição da tabela do Brasileirão, mas equipe do Rio de Janeiro leva vantagem nos critérios de desempate

O elenco do Fluminense se reapresentou na manhã desta terça-feira, nas Laranjeiras, e começou a sua preparação para o duelo contra o Atlético-PR previsto para este domingo, às 16h(de Brasília), na Arena da Baixada, em Curitiba (PR), pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro. O jogo está sendo tratado como uma verdadeira decisão, já que as duas equipes integram o G-4, a zona de classificação para a Copa Libertadores. O Tricolor é o terceiro colocado com os mesmos 19 pontos do Furacão, mas leva vantagem nos critérios de desempate.

Confira classificação, tabela de jogos e artilharia do Campeonato Brasileiro

"Vai ser um duelo muito complicado porque o Atlético Paranaense atravessa um grande momento, está na zona de classificação para a Copa Libertadores assim como o Fluminense e vai fazer de tudo para conseguir um resultado positivo. Trata-se daquela partida direta, em que você ganhando, não apenas conquista pontos importantes, mas impede que um concorrente direto some pontos. Portanto, estamos nos preparando para um confronto com cara de decisão", analisou o atacante Rafael Sobis.

O volante Jean concorda com o companheiro."Teremos muitas dificuldades nesta partida. O Atlético Paranaense, a exemplo do ano passado, vem fazendo uma campanha com excelentes números. Estaremos diante de um adversário que assim como a gente pensa em título e em vaga na Copa Libertadores. Portanto, é o chamado jogo de seis pontos e estamos cientes disso. Temos que ganhar porque o Campeonato Brasileiro é feito de pequenas decisões e esta é uma delas", afirmou Jean.

Na visão do zagueiro Henrique é preciso tratar a partida deste domingo com a seriedade que ela exige, porém, sem que isso possa representar um peso a mais para os jogadores dentro de campo.

Temos uma verdadeira decisão pela frente. Não pelo fato de valer título, pois ninguém conquistará nada além de três pontos e ninguém estará eliminado em caso de derrota. Mas é uma decisão pelo momento que as duas equipes estão vivendo e pela situação de ambos na tabela de classificação. Portanto, sabemos o grau de dificuldades que vamos encontrar", disse o defensor.

Nesta terça-feira os titulares ficaram apenas na academia, enquanto que os reservas foram a campo para uma atividade comandada pelo preparador físico Rodrigo Poletto. Para o duelo contra o Atlético, o técnico Cristóvão Borges poderá contar com o retorno do lateral esquerdo Carlinhos, que cumpriu suspensão na vitória de 1 a 0 sobre o Santos. Ele deverá ocupar o posto do meia Chiquinho, que atuou de maneira improvisada na posição. O volante Diguinho, que se recupera de uma entorse no tornozelo direito, dificilmente vai reunir condições de atuar, já que não foi a campo para trabalhar com os demais companheiros, ficando fazendo trabalho à parte. Assim, ele segue sem trabalhar com bola.

Em relação ao atacante Fred, o jogador ainda não deverá reunir condições de atuar diante do Atlético, uma vez que ganhou alguns dias de descanso depois de defender a Seleção Brasileira na Copa do Mundo. Nesta quarta-feira o elenco se reapresenta para mais um dia de treinos pela manhã, nas Laranjeiras. Cristóvão então deverá começar a esboçar a formação que pretende usar contra o Furacão. O treinador durante a semana, inclusive, deixou em aberto a possibilidade de fazer mudanças no esquema da equipe.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas