Tamanho do texto

Experiente meio-campista, com passagens por Santos e São Paulo confia na rodagem de alguns de seus companheiros para que o retrospecto favorável aos paulistas não aumente

Cleber Santana é um dos jogadores mais experientes do Avaí
Petra Mafalda/Mafalda Press/Gazeta Press
Cleber Santana é um dos jogadores mais experientes do Avaí

Para avançar às oitavas de final da Copa do Brasil , o Avaí terá de lutar contra o retrospecto negativo diante do Palmeiras . Em dez confrontos, foram sete vitórias alviverdes, dois empates e apenas um triunfo dos catarinenses, que marcaram 12 gols e sofreram 28. Por isso, o meia Cleber Santana prefere pensar na experiência do elenco do Avaí como uma arma para surpreender os paulistas nesta quarta-feira, às 19h30, na Ressacada.

"É um campeonato de tiro curto, que se tomar gol, para reverter é mais complicado. Já disputei este campeonato, a Libertadores também, e já sai de semifinal por ter tomado gol em casa. Um passo importante é não tomar gol. Mesmo que termine em 0 a 0, podemos ir para lá e dificultar para eles. Cabe à gente ter inteligência. A maioria dos jogadores que estão aqui disputaram a Copa do Brasil e têm maturidade para fazer um grande jogo".

Com as ausências de Diego Felipe e Thiago Carleto, que já atuaram na competição por Bahia e Ponte Preta, respectivamente, e Bocão, suspenso por terceiro cartão amarelo, o técnico Geninho deve utilizar Eduardo Neto, Eltinho e Marrone.

Mesmo com os desfalques, Cleber Santana acredita em um bom desempenho de sua equipe diante do Palmeiras. "São jogadores que vinham jogando antes da Copa. O Marrone vinha jogando, teve a lesão contra o Sampaio Corrêa. O Eduardo Neto também vinha jogando. Praticamente não muda nada, só essas peças. Temos mais ou menos o encaixe que o Geninho quer na parte tática. Vamos procurar, dentro de campo, dar o melhor e o máximo para que possamos fazer uma grande partida, com inteligência".

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas