Tamanho do texto

Aposta em jogadores jovens tem dado certo e time paranaense ocupa o G4 do Campeonato Brasileiro

De incógnita ao G4, o Atlético Paranaense apostou neste Campeonato Brasileiro, especialmente pela dificuldade para contratar, em montar um time jovem, com medida de idade na casa dos 23 anos, com o trabalho coletivo e a vontade de ganhar espaço no cenário brasileiro como principais propulsores para enfrentar elencos mais experientes. Assim foi no confronto diante do Flamengo e novamente, no final de semana, contra o Criciúma de Paulo Baier.

O símbolo dessa fase atleticana é Marcos Guilherme, de 18 anos. Prata da casa, destaque no time sub 23, ganhou a posição já na primeira partida do Brasileirão e, de lá para cá, participou de todos os compromissos na competição, contando com o apoio de três treinadores diferentes. O camisa 10 rubro-negro mostrou que não sentiu o peso da responsabilidade, mas divide a boa fase com os jovens companheiros.

Veja como está a classificação do Campeonato Brasileiro

"Somos jovens, mas creio que temos mostrado o nosso valor. Estou feliz não só com o meu rendimento, mas com o trabalho de todo o grupo. Sei que podemos melhorar, mas acredito que já demonstramos que temos grande potencial", avaliou o jogador que aponta o entrosamento, que vem da base atleticana, como um dos trunfos nessa campanha. "Com certeza, o nosso convívio desde a base ajuda muito. Isso mostra a força do Atlético. Temos uma equipe que mescla experiência com juventude", acrescentou.

Com uma semana cheia para trabalhar, o Furacão terá tempo até domingo para acertar suas estratégias para um jogo chave nessa altura da competição. O adversário será o Fluminense, que divide os mesmos 19 pontos ganhos na classificação, mas uma posição à frente nos critérios de desempate, em mais um jogo com a Arena da Baixada com portões fechados.

Marcos Guilherme mostra otimismo para encarar os cariocas e já projeta um time ainda melhor para, mais à frente, lutar pelos principais objetivos da temporada, ou seja, uma vaga na Libertadores e, quem sabe, o título. "Este confronto será importantíssimo. Temos uma semana cheia para o Doriva corrigir o posicionamento e definir a equipe. Nosso time tem evoluído diariamente. Tenho certeza que vamos chegar longe no Brasileirão", concluiu.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas