Tamanho do texto

Resultados decepcionantes e problemas de relacionamento com diretores do clube paulista são motivos para a troca

Dado Cavalcanti não é mais o técnico da Ponte Preta . O treinador deixou o comando da equipe nesta segunda-feira. Além do mau desempenho no comando, o co-diretor de futebol do clube, Pedro Nicolau, também apontou divergências com os dirigentes como motivo para a saída.

"Não é o ideal haver troca de comando, mas havia uma divergência de opiniões entre comissão técnica e a diretoria, e por isso em comum acordo decidimos pra encerrar o trabalho. Não vamos trabalhar com pressa nesta substituição, pois não podemos errar na escolha que faremos agora."

Veja como está a classificação da Série B do Campeonato Brasileiro

Dado Cavalcanti explicou que a saída resultou de um acordo. "Foi em comum acordo. Como não estamos na mesma sintonia, achamos melhor haver este desligamento, a chegada de um novo treinador pode possibilitar a guinada que a Ponte precisa."

Ele chegou à Ponte Preta para comandá-la na Série B do Campeonato Brasileiro após a saída de Vadão. Em 12 jogos disputados na competição, Dado venceu quatro, empatou cinco e perdeu três, totalizando um aproveitamento de 47,2%. Na Copa do Brasil, obteve classificação para a terceira fase após dois empates com o Paraná e triunfo nos pênaltis.

Parraga, ex-atacante da Ponte Preta e coordenador das categorias de base, assumirá o comando da equipe, que ocupa a décima posição da Série B, com 17 pontos, de forma interina.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.