Tamanho do texto

Clube pernambucano contratou oito jogadores na parada da Série B durante a Copa do Mundo

Apesar de ser um dos times que mais movimentaram o mercado de transferências na Série B, com oito jogadores contratados, o Náutico mal pode usufruir dos reforços até o momento. Apenas dois jogadores foram regularizados antes da retomada do Brasileiro, o lateral-direito Neílson e o atacante Crislan, porém a diretoria espera sanar essa pendência o mais rápido possível para melhorar a qualidade da equipe.

Além dos dois atletas regularizados, mais quatro reforços são olhados de forma otimista, sendo aproveitados eventualmente já na próxima partida, diante do Atlético-GO. São eles o goleiro Júlio César, os volantes Luizinho Mello e Marcone, e o meio-campista Victor Michels.

Veja como ficou a classificação da Série B do Campeonato Brasileiro

O zagueiro Mario Risso e o atacante Sassá, contratados junto ao Botafogo durante a pausa para o Mundial, continuam com problemas na documentação e devem aguardar mais uma semana para estrear com a camisa do Timbú. Isso porque, de uma maneira geral, os atletas vindos do alvinegro carioca estão convivendo com entraves judiciais para conseguirem atualizar os documentos.

De acordo com o gerente de futebol do clube, Carlos Kila, o Náutico já fez o que tinha de ser feito. "Eu imagino que para essa viagem já tenha todos eles regularizados, espero que seja assim. Temos um problema pontual com o Botafogo, pois eles têm uma penhora. É preciso solucionar essa questão jurídica", comentou. "É preciso que a justiça atenda o desejo dos atletas que precisam transferir a documentação de federação e os deixem trabalhar", completou o cartola.

Desfalques

O técnico Sidney Moraes terá problemas para escalar o time do Naútico para o próximo confronto pela Série B, sábado, diante do Atlético-GO. Depois do departamento médico do clube constatar que o lateral esquerdo Roberto ficará afastado por cerca de um mês, os médicos do Timbú diagnosticaram mais duas ausências.

O zagueiro William Alves, substituído na última partida em razão de uma entorse no tornozelo direito, e o volante Gilmak são dúvidas para enfrentar o Dragão e só devem ser confirmados na delegação que vai ao Centro-Oeste de última hora.

Segundo o médico Fábio Ribas, ainda é cedo para afirmar se os atletas estarão ou não à disposição da comissão técnica. "William sofreu uma entorse no tornozelo e o local ficou bastante inchado, mas já descartamos a possibilidade de fratura através de um exame clínico. Ainda não dá para descarta-lo do jogo de sábado, já que ele apresentou uma melhora em relação à dor", considerou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.