Tamanho do texto

Retorno após a Copa do Mundo foi positivo para a equipe mineira, que venceu suas duas partidas depois do Mundial

Mudança de ares. Esse é o discurso que permeia os bastidores do Boa Esporte na retomada da Série B do Brasileiro. A pausa para a Copa do Mundo foi essencial para o elenco se dedicar aos treinamentos, receber reforços e determinar novos objetivos na competição nacional. O time que antes da parada brigava para não cair luta agora para integrar o grupo das dez primeiras equipes na tabela, após uma sequência de duas vitórias fora de casa.

As vitórias sobre Vila Nova e Náutico, ambas como visitante, fizeram o Boa alcançar a 13ª colocação na classificação geral, com 14 pontos. Os oito reforços contratados durante o Mundial ofereceram novas peças de reposição ao técnico Nedo Xavier e acrescentaram qualidade ao plantel do time mineiro.

Um dos destaques da equipe na retomada da Segundona é o meio-campista Clébson. Contratado junto ao Treze-PB, o baixinho de 1,66m vem aterrorizando as defesas adversárias. Diante do Náutico, na última partida, o atleta participou de dois dos três gols marcados pelos visitantes.

O setor de meio-campo, que não funcionava desde a saída de Marcelinho Paraíba, voltou a concentrar as principais jogadas ofensivas da equipe e Clébson tem correspondido bem à responsabilidade de vestir a camisa 10.

Ao ser comparado com o experiente meio-campista, com passagens pelo futebol alemão e japonês, o jogador adotou um discurso humilde e se mostrou orgulhoso de ser o "substituto" de Paraíba. "Sou diferente dele. Conheço o Marcelinho pessoalmente e ele é um jogador de muitas qualidades, fora do normal. Por onde ele passou, fez história, como aqui. Espero que eu possa suprir a ausência dele e dar alegrias à torcida", comentou.

O próximo jogo do Boa é diante do Bragantino, sexta-feira, às 21h, em Varginha (MG). Em caso de vitória, a equipe mineira pode entrar no grupo dos dez primeiros colocados e afundar ainda mais a equipe do interior paulista na zona de rebaixamento.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.