Tamanho do texto

Time encara a Chapecoense, pela 12ª rodada do Brasileirão

Oswaldo de Oliveira pediu e, no sábado, o Santos jogará na Vila Belmiro
Flickr oficial do Santos
Oswaldo de Oliveira pediu e, no sábado, o Santos jogará na Vila Belmiro

O Santos espera reencontrar as vitórias já no próximo sábado, contra a Chapecoense, às 18h30 (de Brasília), pelo Campeonato Brasileiro. E, para isso, o time mudou os planos. A partida, que estava marcada para o Pacaembu, em São Paulo, vai acontecer na Vila Belmiro.

"Foi um pedido meu. Claro, com uma avaliação de diretoria e comissão técnica. A avaliação é que o Santos precisa mandar mais jogos na Vila Belmiro. É a nossa casa, então, é mais cômodo e confortável. Toda vez que puder, eu quero que o Santos jogue na Vila", avisou o técnico da equipe.

Confira classificação, tabela de jogos e artilharia do Campeonato Brasileiro

No primeiro semestre, esse assunto foi bastante abordado, principalmente nas finais do Campeonato Paulista. Oswaldo chegou a se irritar por ter de jogar contra o Ituano em São Paulo e não na Vila. No fim, a diretoria não cedeu e o time acabou sendo derrotado pelo time do interior, mesmo com quase todo o estádio tomado por santistas nos dois jogos.

O clube pensa em atender seus torcedores que moram na capital e, ao mesmo tempo, ter uma arrecadação maior com bilheteria, mas pesa o fato de o time se comportar melhor na Vila. Este ano, o Santos atuou 15 vezes no estádio Urbano Caldeira, venceu 13 e empatou duas. Além de estar invicto, balançou as redes 45 vezes e sofreu apenas 10 gols.

Pouco antes da paralisação para a Copa do Mundo, o Santos teve de deixar sua casa mais três vezes, já que a Vila foi cedida à Fifa para o período de treinos da seleção da Costa Rica. Na oportunidade, o Santos acabou derrotado por 2 a 1 pelo Atlético-PR, em Cuiabá, empatou com o Flamengo por 0 a 0, no Morumbi, e venceu o Criciúma por 2 a 0, em São Bernardo do Campo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.