Tamanho do texto

Treinador do Palmeiras gostou da sua equipe, apesar da derrota diante do Cruzeiro, no Pacaembu

Ricardo Gareca só acumulou derrotas em seus dois jogos como técnico do Palmeiras e o time já não vence há cinco partidas, mas o argentino deixou o Pacaembu animado depois de perder do Cruzeiro por 2 a 1 . A pressão exercida sobre o líder do Campeonato Brasileiro desde a metade do primeiro tempo é um indício de que a equipe atingirá o nível que o comandante deseja.

Confira a classificação e os próximos jogos do Campeonato Brasileiro

"O Palmeiras melhorou em respeito ao primeiro jogo e esse é o caminho. Com o tempo, o Palmeiras vai ser um time importante. Vamos melhorar não apenas o jogo, mas os resultados também", disse o treinador.

O argentino relatou evolução depois da fraquíssima atuação na derrota por 2 a 0 sobre o Santos, na quinta-feira, na Vila Belmiro. "O jogo contra o Cruzeiro me deixa mais tranquilo. O resultado que não me deixa tranquilo, mas o rendimento do time nessa partida me deixa mais tranquilo."

Time importante, na visão de Gareca, é o Cruzeiro, e o alviverde não se intimidou com o adversário. "Foi uma partida difícil contra um grande rival. O Palmeiras buscou ser protagonista e não mereceu perder", ressaltou.

O comandante indica a importância dos dois gols que o adversário marcou nos dez minutos iniciais da partida como uma das explicações para o resultado. "Sofremos dois gols muito rápido. Diante de um rival contra o Cruzeiro, fica difícil", informou, prometendo se inspirar na torcida após seu primeiro jogo como mandante.

"Tenho que agradecer à torcida, que incentivou o jogo inteiro. Foi muito importante para o time. Não conseguimos dar a alegria de não perder o jogo. o Palmeiras tem que jogar com a atitude e o entusiasmo que tiveram durante todo o jogo", elogiou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.