Tamanho do texto

Time catarinense, que disputa a Série A do Brasileirão pela primeira vez, bateu a equipe paulista em pleno estádio do Morumbi na noite de sábado

Que a Chapecoense é um adversário duro de enfrentar neste Campeonato Brasileiro não é novidade, mas a equipe catarinense ainda não tinha chamado tanta atenção quanto na vitória sobre o São Paulo na noite de sábado . Atuando fora de casa, o time não se intimidou, soube impor sua estratégia na partida e triunfou por 1 a 0. Segundo o presidente Sandro Pallaoro, o resultado "foi a maior vitória" já conquistada pelo clube.

Ataque não funciona, e São Paulo perde para Chapecoense no Morumbi

O dirigente teve discurso engrossado pelo diretor de futebol Mauro Stumpf. O vice-presidente João Carlos Giovanaz ainda compara o triunfo com as subidas de divisões no passado recente da Chape. "Tivemos os acessos, mas essa é a maior vitória individual", garante em entrevista ao Diário Catarinense.

Ganso em ação na derrota do São Paulo contra a Chapecoense
Site oficial
Ganso em ação na derrota do São Paulo contra a Chapecoense

Para conquistar o feito histórico, o elenco precisou superar até forças naturais. Os jogadores encararam muita água durante a intertemporada, no período em que a região de Chapecó sofreu com a segunda maior chuva do mundo de acordo com a Nasa. Por isso Stumpf mostra-se orgulhoso da vitória simples. "Eles treinaram debaixo de uma chuvarada e em campos irregulares", destaca.

Confira classificação, tabela de jogos e artilharia do Campeonato Brasileiro

Vencendo a chuva e o São Paulo, a Chapecoense conquistou seu terceiro triunfo neste Campeonato Brasileiro e alcançou os 11 pontos. Fora da zona de rebaixamento e com um jogo a menos, o Verdão tem o Santos pela frente para continuar a sequência de superações.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.