Tamanho do texto

"É bom para ligar o sinal de alerta de que não somos os melhores", diz Júnior Rocha sobre o revés para o Atlético-GO

O Luverdense recebeu o Atlético-GO no estádio Passo das Emas e foi derrotado por 2 a 0 pelos visitantes . Mas o revés não preocupa o técnico Júnior Rocha, que acredita que o resultado negativo serve incentivar o elenco a melhorar e continuar demonstrando humildade.

"Temos que manter a tranquilidade e continuar vestindo a sandália da humildade. Não podemos achar que temos os melhores jogadores, a melhor comissão técnica. Foi uma derrota na hora certa, ainda seguimos no G-4. Não foi de todo ruim. É bom para ligar o sinal de alerta de que não somos os melhores", afirmou o comandante à Rádio Atitude.

Ele afirmou que a equipe entrou muito abaixo, achando que iria decidir o jogo a qualquer momento. "Série B não é assim. É sempre muito difícil. Cada jogo é uma guerra", observou Rocha.

Confira a classificação, artilharia e mais notícias da Série B do Brasileiro

O próximo compromisso do Luverdense pelo Campeonato Brasileiro da Série B será o Oeste, na próxima sexta-feira. Na sequência, a equipe vai a Florianópolis duelar com o Avaí na Ressacada. Para o treinador, a equipe não deve ficar se lamentando, e sim, seguir trabalhando e se esforçar para recuperar os pontos perdidos.

"Temos consciência que estamos no caminho certo. Nos descontrolamos com o gol sofrido e sabemos que vamos oscilar. É normal. Não temos jogadores perfeitos. Hora de treinar mais, se unir mais e buscar pontos nas próximas rodadas. Serão dois jogos fora de casa e é hora da superação", finalizou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas