Tamanho do texto

Técnico da equipe pernambucana lamenta derrota para o Vila Nova e diz que seu time poderia até ter goleado o adversário

Invicto na Série B do Campeonato Brasileiro antes da pausa para a Copa do Mundo, com sete empates e três vitórias, o Santa Cruz não vem conseguindo os resultados esperados na retomada da competição nacional. Após perder para o Vasco, por 4 a 1, na última terça-feira, a equipe foi novamente derrotada, neste sábado, desta vez para o Vila Nova , último colocado e que até então não havia vencido.

Radámes, do Vila Nova, e Wescley, do Santa Cruz, em lance durante a partida
Futura Press/Carlos Costa
Radámes, do Vila Nova, e Wescley, do Santa Cruz, em lance durante a partida

Decepcionado com a derrota, o técnico Sérgio Guedes não escondeu sua frustração com o resultado e reconheceu que seu time entrou em campo achando que iria dominar o confronto.

Leia mais: Aliviado, volante do Vila Nova comemora primeira vitória na Série B e foca em recuperação

"A gente achou que podia reverter a qualquer momento. Fomos sonolentos. O momento é de frustração. Não estou aqui transferindo culpa a ninguém, sendo que é hora de fazer reflexões", disse Guedes, lamentando pelo número de gols perdidos. "Podíamos ter aplicado até uma goleada caso tivéssemos aberto o placar", completou.

Confira a classificação, artilharia e outros jogos da Série B do Brasileiro

No primeiro tempo do jogo, o Santo Cruz parecia agir conforme a atuação dos adversários. Após sofrerem o primeiro gol, logo nos primeiros minutos, a equipe conseguiu empatar pouco tempo depois. O mesmo aconteceu quando sofreu o segundo gol e precisou de poucos minutos para deixar tudo igual novamente.

Na segunda etapa, o Tricolor foi quem mais criou, porém não soube aproveitar as oportunidades e viu o time da casa marcar mais uma vez antes de recuar para não ceder mais um empate.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.