Tamanho do texto

Equipe goiana ainda não venceu na Série B do Campeonato Brasileiro e Santa Cruz quer se aproximar da parte de cima

Logo no primeiro jogo após a Copa do Mundo, o Santa Cruz sofreu sua primeira derrota na Série B do Campeonato Brasileiro e perdeu por 4 a 1 para o Vasco. Mas, às 16h20 deste sábado, terá no Serra Dourada um time em crise do outro lado que pode ser um atalho para sua recuperação: o Vila Nova, que não venceu nenhuma partida até agora e vive uma debandada no elenco.

A equipe goiana vem de derrota por 2 a 0 para o Boa, em casa, na terça-feira, quando o zagueiro João Paulo fez gol contra e o atacante Thiago Silvy perdeu pênalti. Desde então, o Vila Nova afastou o goleiro Tony, que tinha acabado de virar titular e acionou o clube que o formou na Justiça alegando falta de pagamento do FGTS, e os atacantes Bruno Veiga e Thiago Silvy solicitaram a rescisão de contrato.

À frente de um time que tem nove derrotas e dois empates em 11 rodadas, o técnico Márcio Goiano deve dar nova chance a Cleber Alves no gol e aposta em Dimba e Evandro Paulista como dupla de ataque. Ainda faltam 27 partidas, mas o Vila Nova sabe que precisa iniciar sua recuperação o quanto antes.

"Há solução para tudo na vida, menos para a morte. Já vimos muita coisa acontecer no futebol. Se conseguirmos tirar o Vila Nova desta situação, com certeza a alegria será imensa", comentou o ex-atacante Roni, que assumiu a função de diretor de futebol da agremiação que ocupa a última posição da Série B, com dois pontos. O Santa Cruz aparece muito acima do rival na tabela, com 16 pontos, mas está abaixo do que pretende. Embora só tenha perdido uma vez, tem apenas três vitórias, colecionando sete empates que deixam o clube sem condições de terminar o fim de semana entre os quatro primeiros colocados. Mas a meta é se recuperar da goleada para o Vasco aproveitando a crise do Vila Nova.

"Vamos buscar fazer o nosso jogo, independentemente da situação do Vila Nova. Às vezes, jogar contra um time que esteja na parte de baixo da tabela é mais complicado porque querem sair dessa situação. Nosso pensamento é sempre o acesso, temos qualidade e mostramos contra o Vasco da Gama, mesmo sendo derrotados", discursou o goleiro Tiago Cardoso.

Apesar da goleada na última rodada, o técnico Sérgio Guedes manterá a formação que perdeu do Vasco. Só sacará o meia Carlos Alberto, que cumpre suspensão e deve ter Wescley em seu lugar. O atacante Flávio Caça-Rato saiu do Recife para se juntar à delegação e fica no banco de reservas neste sábado.

FICHA TÉCNICA
VILA NOVA X SANTA CRUZ

Local: estádio Serra Dourada, em Goiânia (GO)
Data: 19 de julho de 2014, sábado
Horário: 16h20 (de Brasília)
Árbitro: Antonio Neuriclaudio Costa (AC)
Assistentes: Rener Santos de Carvalho e Jean Carlos Rodrigues da Silva (ambos do AC)

VILA NOVA: Cleber Alves; Leo Rodrigues, João Paulo, Gabriel e Christiano; Jeferson, Radamés, Arthur e Paulinho; Dimba e Evandro Paulista
Técnico: Márcio Goiano

SANTA CRUZ: Tiago Cardoso; Nininho, Everton Sena, Renan Fonseca e Renatinho; Sandro Manoel, Memo, Danilo Pires e Wescley; Pingo e Léo Gamalho
Técnico: Sérgio Guedes

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.