Tamanho do texto

Jogando no Independência, equipe mineira saiu atrás do marcador contra o Bahia, mas buscou a igualdade

Depois de um primeiro tempo ruim, o Atlético-MG conseguiu reagir e chegou ao empate contra o Bahia , em jogo realizado neste sábado, no Independência. Os jogadores atleticanos admitem que o time não atuou bem na etapa inicial, mas comemoram a reação e o fato de não terem perdido atuando dentro de casa.

"No segundo tempo, o desempenho foi mais de acordo, o primeiro tempo foi para se esquecer, não foi legal. É complicado um jogo assim, no meio de uma final, então tem que se mexer no time, mas pelo segundo tempo valeu. Pelos menos não perdemos todos os pontos em casa. Quem sabe na quarta-feira chega mais um título", disse Guilherme.

Confira a classificação e os próximos jogos do Campeonato Brasileiro

No segundo tempo, o técnico Levir Culpi promoveu a estreia do atacante Luan na temporada. O jogador se recuperou de lesão e voltou ao time em grande estilo, fazendo o gol de empate do Atlético-MG e criando ao menos mais duas oportunidades de gol. O atleta comemora o fato de ter voltado a jogar e acredita que os alvinegros poderiam ter vencido o jogo.

"Nada melhor que voltar e fazer um gol importante e ajudar a equipe a não sair com uma derrota daqui. Poderíamos ter saído com a vitória, tive duas chances, acabei errando de cabeça, na outra o goleiro fez uma defesa e tivemos outras chances durante o jogo também. Se tivéssemos vencido, eu iria sair mais feliz ainda", declarou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.