Tamanho do texto

Em coletiva nesta sexta-feira, técnico do São Paulo se esquivou e mostrou irritação com o assunto

Muricy Ramalho não quer saber muito de seleção brasileira no momento
Rubens Chiri/saopaulofc.net
Muricy Ramalho não quer saber muito de seleção brasileira no momento

Bombardeado com perguntas sobre a possibilidade de assumir a seleção brasileira no lugar de Luiz Felipe Scolari, o técnico Muricy Ramalho se esquivou e mostrou irritação com o assunto na coletiva do São Paulo após o treino desta sexta-feira. O comandante não se mostrou muito empolgado com a oportunidade e garantiu manter o clube como prioridade.

"Eu estou feliz no São Paulo, muito concentrado no que estou fazendo. Não me empolgo muito com esse tipo de coisa. Meu foco é aqui", garantiu o treinador.

Confira classificação, tabela de jogos, artilharia e notícias do Campeonato Brasileiro

Muricy ainda comentou sobre a escolha de Gilmar Rinaldi como novo coordenador de seleções da CBF. E, caso seja escolhido, adiantou que não mudará seu estilo.

"Existem pessoas lá que estão decidindo, eles contrataram uma pessoa para gerir o futebol e precisa ter autonomia para decidir, porque senão continua a mesma coisa. E eu me conheço bem. Tem de ser o que eu penso de futebol. Tem coisas que não aceito. Isso ai é só vendo, tem que ver para crer. Tenho minha maneira de pensar e não mudo, foi assim que cheguei aqui", afirmou.

Encurralado com uma nova pergunta, que questionava se aceitaria ou não o cargo, Muricy perdeu a paciência. "Estou respondendo demais sobre a seleção. Tenho um jogo importante amanhã e meu foco é o São Paulo", concluiu.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas