Tamanho do texto

"Claro que atacante gosta sempre de balançar as redes, mas o importante é que a equipe está buscando, independentemente de quem fizer", afirmou o jogador

Henrique pode quebrar o jejum de gols do Palmeiras domingo
Miguel Schincariol/Getty Images
Henrique pode quebrar o jejum de gols do Palmeiras domingo

O Palmeiras completou contra o Santos quatro jogos seguidos sem fazer gols no Campeonato Brasileiro. Artilheiro do time na competição, Henrique volta ao ataque neste domingo, depois de ter cumprido suspensão automática, e assegura que o jejum não causa uma pressão maior.

"Isso não interfere. Claro que atacante gosta sempre de balançar as redes, mas o importante é que a equipe está buscando, independentemente de quem fizer", afirmou o jogador, que marcou três vezes neste Brasileirão.

Confira classificação, tabela de jogos, artilharia e notícias do Campeonato Brasileiro

A esperança do Palmeiras é encerrar o jejum contra o Cruzeiro, no Pacaembu, já que a equipe não faz gol desde a vitória por 1 a 0 sobre o Figueirense, em 22 de maio. Depois disso, ainda antes da paralisação para a Copa do Mundo, o time perdeu para Chapecoense e Botafogo (ambos por 2 a 0) e empatou por 0 a 0 contra o Grêmio.

Já na retomada da competição nacional, mais uma derrota por 2 a 0, desta vez para o Santos. No clássico, o Palmeiras mostrou dificuldade na armação das jogadas, mas Henrique não teme ficar isolado no jogo contra o Cruzeiro."Sabemos que para uma equipe engrenar tem que ter cada um fazendo bem sua função. Ontem (quinta), por ter tomado o gol um pouco cedo, fora de casa, deixamos a desejar na posse de bola, mas vamos conversar para acertar. Para a próxima partida, todos vão se movimentar para as chances aparecerem e serem concluídas em gol", acrescentou o atacante.

Henrique ainda minimizou a saída de Valdivia, que era o principal armador do time, negociado com o Al Fujairah, dos Emirados Árabes Unidos. "Todos aqui sabem que ele é um grande jogador, mas, da mesma maneira que saíram atletas importantes, quem está aqui também pode mostrar serviço. Se está em clube grande como o Palmeiras, é porque tem condições", ressaltou.

Além do chileno, o Palmeiras não conta mais com Marquinhos Gabriel, que foi para o Al Nassr. Já para domingo, Henrique não é a única novidade à disposição do técnico Ricardo Gareca, pois o argentino Pablo Mouche deve fazer sua estreia.

No entanto, o técnico não revelou a formação para enfrentar o Cruzeiro. Se optar por colocar Henrique e Mouche juntos, o treinador tirará Diogo e Leandro. Já para a armação das jogadas, Mendieta deve ganhar uma chance, por causa da suspensão de Wesley.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.