Tamanho do texto

Técnico frisou a dificuldade de enfrentar o Corinthians em São Paulo e apontou motivos para confiar em uma boa campanha de sua equipe: ''Saio com esperança de que vamos chegar''

Abel Braga, técnico do Internacional
Alexandre Lops/AI Internacional
Abel Braga, técnico do Internacional

Antes do confronto do I nternacional com o Corinthians , o técnico Abel Braga afirmou que a partida desta quinta-feira era para "trocar pontos" com o time paulista. Após o jogo, o discurso se manteve: o treinador vê com naturalidade o fato de sua equipe ser derrotada por um grande adversário, e aproveitou para elogiar o desempenho da equipe gaúcha na Arena Corinthians.

Confira classificação, tabela de jogos, artilharia e notícias do Brasileirão

"Nesse tipo de jogo a gente aceita bem o resultado, qualquer placar seria normal. Temos consciência que no próximo vamos inverter, que vai ser um perde-ganha entre os grandes. É claro que como treinador eu queria ganhar, mesmo que jogasse mal, mas não foi possível", avaliou após a derrota por 2 a 1.

Mais do que considerar normal o resultado, Abelão viu motivos para confiar em uma grande campanha do clube - o Inter atualmente é o 9º colocado, mas está a apenas um ponto do G-4. "Ou você analisa desempenho, ou analisa o resultado. O Corinthians chegou duas vezes e foi bem, mas se analisarmos por finalização nós fizemos um grande jogo. Saio com esperança de que vamos chegar", entende o comandante, em análise semelhante à feita pelo capitão D’Alessandro logo após o apito final.

Este foi o quinto confronto do Inter fora de casa neste Brasileirão, e a equipe segue sem vencer. Ao todo, foram quatro empates e a derrota desta quinta-feira. Somando esse número ao campeonato de 2013, os gaúchos já acumulam 13 partidas sem vitória fora de casa na competição, um recorde histórico. Domingo, diante do Flamengo, no Beira-Rio, a equipe deve contar com as voltas de Alex e Aránguiz.

*Com Gazeta

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.