Tamanho do texto

Tendo cumprido todas as punições impostas pelo STJD por conta dos tumultos envolvendo a derrota para o Atlético-PR em dezembro do ano passado, clube, enfim, reencontra torcedores

Estádio São Januário, a casa do Vasco
Divulgação
Estádio São Januário, a casa do Vasco

Após 11 rodadas o Vasco , enfim, vai jogar com a presença de sua torcida no Rio de Janeiro na Série B do Campeonato Brasileiro . Neste sábado o clube recebe o América-RN, às 16h20 (horário de Brasília), em São Januário, já tendo cumprido todas as punições impostas pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) por conta dos tumultos envolvendo a derrota para o Atlético-PR em dezembro do ano passado, que causou o rebaixamento para a segunda divisão.

Confira classificação, tabela de jogos e artilharia da Série B do Campeonato Brasileiro

Assim, o elenco vascaíno poderá contar com o apoio da arquibancada e isso tem deixado os jogadores muito animados. "É muito importante contar com o apoio dos nossos torcedores em casa. Antes da Copa do Mundo, todos os clubes tiveram esse fator a seu favor e o Vasco foi obrigado a ficar rodando ou atuar com o estádio vazio", comentou o volante Pedro Ken. "Não tenho a menor dúvida de que isso pode fazer uma grande diferença a nosso favor, pois em todas as oportunidades que foi convocada a nossa torcida nos deu o máximo de apoio e nos incentivou", completou.

O zagueiro Rodrigo concorda e acredita que o regresso da equipe a São Januário pode melhorar o desempenho na competição. "A torcida do Vasco sempre apoiou o time quando teve essa possibilidade e tenho a certeza de que vamos ganhar muito com a presença dela no jogo deste sábado, no restante da Série B do Campeonato Brasileiro e da Copa do Brasil. O torcedor percebe quando os jogadores estão se empenhando e têm condições de honrar a sua equipe. Portanto, tenho convicção do sucesso desta parceria", disse o defensor.

Na terça-feira o time goleou o Santa Cruz por 4 a 1 na Arena Pantanal, em Cuiabá (MT). Na visão do estreante Kleber Gladiador, que marcou um dos gols da vitória vascaína, a partida contra o América-RN pode servir para dar embalo ao time.

Vasco leva susto, mas goleia o Santa Cruz na Arena Pantanal

"Esse jogo contra o América-RN será muito importante porque pode nos colocar em uma melhor situação na tabela de classificação. Temos a oportunidade de pegar embalo na competição e crescer ainda mais. Trabalhamos muito ao longo do recesso por conta da Copa do Mundo para que o time alcançasse seus objetivos e entendemos que esse momento pode ser estratégico na realização de nossas metas", analisou. "Portanto, vai ser fundamental ter os torcedores do Vasco ao nosso lado agora e em toda a nossa caminhada", completou o atacante.

Nesta sexta-feira pela manhã o elenco do clube vai realizar o último treino antes do jogo contra o América-RN e o técnico Adilson Batista vai definir a formação que entrará em campo. O meia Douglas, que cumpriu suspensão diante do Santa Cruz, tem retorno assegurado e vai ocupar o posto de Dakson. Já o lateral direito André Rocha pode perder a posição por conta do bom desempenho de Carlos César.

Bastidores

Fora de campo o processo eleitoral continua muito agitado. Um grupo de conselheiros está tentando impugnar a candidatura de Eurico Miranda, apontado hoje como o principal favorito a vencer o pleito, que acontece em agosto.

A ideia deste grupo é levar o caso para ser analisado pelo Conselho Deliberativo o mais rapidamente possível. Se uma resposta não for dada até esta sexta-feira, existe a possibilidade de uma ação judicial, o que tornaria o processo eleitoral do clube ainda mais polêmico e arrastado.

O grupo acusa Eurico de ter aumentado a dívida do clube ao ser o pivô de um processo feito por desembargadores referente à prisão do ex-jogador Edmundo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas