Tamanho do texto

Jogador participou de seu primeiro coletivo desde o retorno ao São Paulo na tarde desta quinta, no CT da Barra Funda

Kaká comandou o coletivo do São Paulo nessa quinta-feira
Divulgação/São Paulo FC
Kaká comandou o coletivo do São Paulo nessa quinta-feira

Logo após participar de seu primeiro coletivo desde o retorno ao São Paulo , o meia Kaká classificou a oportunidade como positiva. O jogador atuou ao lado dos atletas que não foram titulares diante do Bahia na quarta-feira, enfrentando um time do sub 17.

"Eu me sinto bem fisicamente, suportei o jogo todo hoje. O que me falta é ganhar mais ritmo, mais noção dos espaços de campo. Por isso, é importante fazer treinos deste tipo para buscar essas medidas", analisou o meia, em entrevista ao site do clube.

Mancando e com a mão sobre a coxa, Luis Fabiano abandona coletivo do São Paulo

Kaká passou as duas últimas semanas aprimorando a parte física. O meia de 32 anos não joga uma partida oficial desde 18 de maio, na vitória do Milan por 2 a 1 sobre o Sassuolo, na última rodada do Campeonato Italiano, e não deve reestrear com a camisa do São Paulo neste sábado, diante da Chapecoense, pelo Brasileirão.

A preocupação com o condicionamento físico leva em conta as semanas nas quais o jogador ficou parado. Depois de ganhar férias do time italiano, Kaká não treinou e esteve envolvido na negociação de sua ida para o Orlando City, e, posteriormente, volta ao São Paulo por empréstimo, ao contrário de seus companheiros tricolores, que fizeram uma intertemporada durante um período maior.

Com a volta a uma atividade com bola mais intensa, o reforço são-paulino se mostrou satisfeito. "O treino foi bom, é ótimo transferir esse trabalho físico para essa parte mais funcional, mais próxima da realidade do jogo. Gostei de poder ter participado desse coletivo hoje", comentou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas