Tamanho do texto

Com a ausência de Lúcio, suspenso pelo terceiro amarelo, tendência é que o zagueiro seja escalado como titular pelo técnico Ricardo Gareca ao lado do argentino recém-chegado

Wellington em lance do jogo entre Palmeiras e Chapecoense
Marcio Cunha
Wellington em lance do jogo entre Palmeiras e Chapecoense

Em seu primeiro compromisso no Campeonato Brasileiro após a Copa do Mundo, o Palmeiras enfrenta o Santos às 19h30 (horário de Brasília) desta quinta-feira, na Vila Belmiro. O zagueiro Wellington, provável titular ao lado do argentino Fernando Tobio, minimiza a diferença de idioma com o novo companheiro.

"Não vamos ter muitos problemas. Não somos mais meninos e sabemos o que fazer. Não precisamos falar tanto. O idioma atrapalha um pouco, mas desde que ele chegou aqui já conseguimos nos entrosar. Espero que funcione na partida", afirmou o defensor após o treino desta quarta-feira, na Academia de Futebol.

Veja como está a classificação do Campeonato Brasileiro

Na última partida do Brasileirão antes da paralisação para a disputa da Copa do Mundo, a equipe ficou no empate sem gols diante do Grêmio e perdeu o experiente zagueiro Lúcio, suspenso por receber o terceiro cartão amarelo.

Com a ausência do ex-jogador da seleção brasileira, a tendência é que o jovem zagueiro Wellington seja escalado como titular pelo argentino Ricardo Gareca ao lado do recém-chegado Tobio, contratado na intertemporada pelo clube  após trabalhar com o técnico no Vélez Sarsfield.  O zagueiro brasileiro deu sua opinião sobre a preparação durante o Mundial e classificou o longo período de treinos como proveitoso. 

"Nesses dias, deu para pegar o estilo do professor. Ele priorizou a marcação na defesa e trabalhou bastante taticamente. Vamos entrar de uma forma um pouco diferente, falando um pouco mais e com mais atenção para errar menos", explicou Wellington.

O zagueiro Lúcio não será o único desfalque do Palmeiras para o confronto com o Santos. O centroavante Henrique, também suspenso, está fora de combate. O time também perdeu o meia Valdívia, negociado com o Al Fujairah, equipe dos Emirados Árabes.

O atacante argentino Pablo Mouche, contratado recentemente junto ao turco Kayserispor, ainda não tem condições de jogo. Desta forma, a tendência é que o time entre com a seguinte escalação: Fábio; Wendel, Tobio, Wellington e Marcelo Oliveira; Renato, Wesley, Mendieta (William Matheus) e Bruno César; Diogo e Leandro.

*Com Gazeta

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas