Tamanho do texto

Time pernambucano chega a 17 pontos, entra provisoriamente no G4 e seca adversários para continuar entre os líderes

Em uma partida sem muita emoção, um lance individual deu a vitória para o Sport , que derrotou por 1 a 0 o Botafogo , nesta quarta-feira, na Ilha do Retiro, pelo Campeonato Brasileiro . O atacante Neto Baiano acertou belo chute de longe e surpreendeu o goleiro Andrey para dar os três pontos aos pernambucanos. Assim, os donos da casa chegaram aos 16 e entraram na briga pelas primeiras posições da Série A. Já os alvinegros seguem com nove e voltam a se preocupar com a zona de rebaixamento.

Confira classificação, tabela de jogos e artilharia do Campeonato Brasileiro

O Botafogo começou melhor na partida, mas criou poucas chance de gol durante toda a primeira etapa. O Sport sofria na parte ofensiva, só que conquistou a vitória por causa de Neto Baiano. Na etapa final, os donos da casa dominaram as ações e não permitiram que o adversário pressionasse em busca do empate.

Neto Baiano, autor de golaço para o Sport, em disputa de bola contra o Botafogo
Gazeta Press
Neto Baiano, autor de golaço para o Sport, em disputa de bola contra o Botafogo

Na próxima rodada, o Botafogo terá pela frente o Coritiba, no sábado, em Volta Redonda. Já no domingo, o Sport vai até o Serra Dourada para encarar o Goiás.

O jogo

A partida começou em ritmo acelerado, com as duas equipes buscando o ataque. No entanto, ambas paravam na marcação adversária. O Botafogo era mais organizado e aproveitava melhor os erros do Sport para avançar com mais frequência ao campo ofensivo. O primeiro lance de perigo aconteceu somente aos 26 minutos. Emerson cruzou pela esquerda e achou Zeballos livre na área. O uruguaio dominou e chutou cruzado, mas a bola passou perto da trave indo pela linha de fundo.

O lance acordou o Sport, que passou a tentar assumir o controle da partida. Os donos da casa chegaram a ficar mais próximos da área, mas não incomodaram o goleiro Andrey. O Botafogo mantinha a mesma tática e voltaram a criar nova chance aos 40 minutos. Dória cobrou falta, que bateu na barreira e facilitou a defesa de Magrão.

Mesmo sem estar bem em campo, o Sport abriu o placar aos 43 minutos, em um lance individual de Neto Baiano. O atacante recebeu a bola pouco depois do meio de campo, viu o goleiro Andrey adiantado e acertou belo chute para encobrir o arqueiro e fazer a alegria da torcida na Ilha do Retiro. Assim, os pernambucanos foram para o intervalo a frente no marcador.

No segundo tempo, o Botafogo voltou disposto a pressionar para chegar ao empate. Só que o Sport veio atento e passou a aproveitar o nervosismo dos cariocas para avançar nos contra-ataques. Aos 13 minutos, os pernambucanos chegaram com perigo, mas Neto Baiano preferiu arriscar um chute de fora da área a dar um passe e viu a bola ir longe do gol de Andrey.

O panorama da partida continuava o mesmo, com os donos da casa melhores em campo. Tanto que aos 22 minutos, após cruzamento, Durval ajeitou para Zé Mário, que acertou forte forte, mas a bola bateu na zaga e foi para fora.

Aos poucos, o Botafogo conseguiu acertar a parte ofensiva e chegou com perigo aos 30 minutos. Após cruzamento de Lucas, a bola quicou na pequena área e obrigou Magrão a espalmar no susto para fora.

A partir daí, o Sport ajeitou a marcação e voltou a explorar os contra-ataques. Os donos da casa desperdiçaram algumas chances de fazer o segundo. Nos minutos finais, o Botafogo ainda perdeu duas chances, uma com Emerson Sheik e outra com Carlos Alberto, e não conseguiu sair de campo com a igualdade.

FICHA TÉCNICA -  SPORT-PE 1 X 0 BOTAFOGO-RJ

Local: Ilha do Retiro, em Recife (PE)
Data: 16 de julho de 2014 (Quarta-feira)
Horário: 19h30(de Brasília)
Árbitro: Francisco Carlos do Nascimento (Fifa-AL)
Assistentes: Esdras Mariano de Lima Albuquerque (AL) e Carlos Jorge Titara da Rocha (AL)
Cartões amarelos : Rithely (Sport); Lucas e Gabriel (Botafogo)
Gol: SPORT: Neto Baiano, aos 43min do primeiro tempo

SPORT: Magrão, Patric, Ewerton Páscoa, Durval e Renê; Wendel, Rithely, Zé Mário e Felipe Azevedo (Ananias); Érico Júnior (Danilo) e Neto Baiano (Leonardo)
Técnico: Eduardo Baptista

BOTAFOGO: Andrey, Lucas, Bolívar, Dória e Junior Cesar; Gabriel, Mario Bolatti (Jorge Wagner), Pablo Zeballos (Carlos Alberto) e Wallyson; Yuri Mamute (Daniel) e Emerson Sheik
Técnico: Vagner Mancini

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.