Tamanho do texto

Jogador espera por uma definição de sua situação junto ao Metalist, da Ucrânia. Clube europeu pede 4 milhões de euros

Willian espera que sua situação com o clube mineiro se resolva nos próximos dias
Adalberto Marques/ Agif/Gazeta Press
Willian espera que sua situação com o clube mineiro se resolva nos próximos dias

O contrato de empréstimo do atacante Willian com o Cruzeiro terminou no dia 14 de julho. Porém, o jogador continuará treinando com o elenco mineiro A diretoria do clube enviou um ofício pedindo a autorização do Metalist, time ucraniano detentor dos direitos do atleta, para que o jogador continue a treinar na Toca da Raposa.

A resposta dos europeus foi positiva. Enquanto a situação não se resolve entre as equipes, o atacante permanece realizando as atividades junto com os companheiros. Os ucranianos pedem o valor de 4 milhões de euros para liberar Willian, pedida considerada alta pela cúpula celeste.

O Cruzeiro teria feito uma contraproposta com valores menores, mas o Metalist não estaria muito animado a aceitar a oferta. Um novo empréstimo também é tentado pela equipe mineira, mas está possibilidade é pequena, já que os ucranianos querem negociar o atleta definitivamente. 

Mesmo que um acordo aconteça antes do jogo de quinta-feira contra o Vitória, Willian fica fora desta partida já que não teria tempo suficiente para registrar o novo contrato do jogador. Caso o acerto para a permanência do jogador não aconteça, o Cruzeiro já conta com Marquinhos e Neílton, contratados recentemente, que podem exercer sua função.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas