Tamanho do texto

Voltando a atuar após quase três meses, o atacante será titular contra o Bahia, nesta quarta-feira, na Arena Fonte Nova

Alan Kardec fará sua estreia oficial pelo São Paulo nesta quarta-feira
SERGIO BARZAGHI / Gazeta Press
Alan Kardec fará sua estreia oficial pelo São Paulo nesta quarta-feira

A partida contra o Bahia, nesta quarta-feira, às 22h (de Brasília), na Arena Fonte Nova, marca o retorno do São Paulo ao Campeonato Brasileiro. Por isso, há uma certa ansiedade por parte do elenco tricolor. Mas um jogador tem ainda mais motivos para que o jogo comece logo: Alan Kardec. Voltando a atuar após quase três meses, o atacante será titular em sua estreia oficial pelo clube e quer diminuir ao máximo os erros.

Confira classificação, tabela de jogos, artilharia e notícias do Campeonato Brasileiro

"Dentro de uma partida não existe margem de erro, você não pode errar. No treinamento, você acaba errando uma vez, errando outra e trabalha em cima do erro. No jogo não dá para fazer isso, tem que tentar ao máximo ser perfeito", diferencia o atacante. "No dia a dia nós treinamos e vamos tentar melhorar cada vez nossos erros para que nos jogos eles não aconteçam", finaliza, ponderando sobre as possíveis dificuldades que encontrará em seu retorno.

Kardec chegou ao São Paulo ainda em maio, mas por tratar-se de uma transação internacional precisou esperar o segundo semestre para poder estrear. Antes emprestado ao rival Palmeiras, ele entrou em campo apenas uma vez neste Brasileirão e marcou o gol da vitória sobre o Criciúma na primeira rodada. Doze semanas depois, o atacante garante que teve tempo para estar pronto para voltar.

"Pude me preparar e descansar também, até porque as partidas agora serão seguidas e não tem tanto tempo de descanso. Quando você tem um tempo de preparação um pouco maior, consegue dar ênfase à parte física, e até as lesões acabam diminuindo no campeonato", lembra. "No início do ano você tem geralmente quinze dias para fazer uma preparação para jogar todo o ano, agora tivemos aproximadamente um mês para nos prepararmos para seis meses", compara Kardec, que ainda espera atuar durante todo o duelo contra o Bahia.

"Tenho me preparado durante todo este período. Espero aguentar (os 90 minutos), sim", planeja. "Às vezes pode acontecer de você aguentar menos, mas vou me aplicar do início ao fim. Você treina e se dedica aqui, mas quando começam os jogos oficiais é um pouco diferente", ressalta.

O São Paulo encara o Bahia pela décima rodada do Campeonato Brasileiro e, se vencer, pode encostar de vez no Cruzeiro - o time paulista tem 16 pontos, três a menos que o líder.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.