Tamanho do texto

Muricy Ramalho insistiu em repetir diversas vezes cruzamentos à área em escanteios e cobranças de lado do campo, visando acertar o posicionamento do time defensiva e ofensivamente

O técnico Muricy Ramalho, do São Paulo
Divulgação/Site oficial do São Paulo
O técnico Muricy Ramalho, do São Paulo

Na manhã desta segunda-feira, o São Paulo deu início à semana de retorno ao Campeonato Brasileiro acertando detalhes. O clube enfrenta o Bahia em dois dias, mas Muricy Ramalho preferiu não revelar a equipe que deve ir a campo pela décima rodada. Com Rafael Tolói, Kaká e Luís Fabiano treinando separadamente, o técnico deixou dúvida entre as formações, podendo congestionar o meio ou usar três atacantes.

Os titulares contaram com Maicon e Souza durante todo o coletivo, na contenção do meio-campo que ainda contava com Paulo Henrique Ganso. Trabalhando jogadas pelas pontas, Ademílson e Osvaldo eram bastante acionados, combinando, inclusive, cobranças ensaiadas de escanteio. Mas durante a atividade o camisa 17 deu lugar a Denílson, que melhorou a compactação da equipe.

Testando as duas escalações, Muricy não resolve o mistério sobre qual escalação enfrentará o Bahia, nesta quarta-feira. O treinador pode utilizar Denílson para dar maior liberdade a Ganso ou manter dois atacantes abertos para alimentar Alan Kardec no comando de ataque.

A única certeza do treinamento é o cuidado do time com a bola parada, defensiva e ofensivamente. O treinador insistiu em repetir diversas vezes cruzamentos à área em escanteios e cobranças de lado do campo. Na parte final, as faltas na entrada da área também foram ensaiadas, com Rogério Ceni e Ganso alternando as batidas.

Pressão na saída de bola

O técnico também voltou a cobrar combatividade de seus comandados na saída de bola. Enquanto teve Osvaldo e Ademílson nas pontas, gritou bastante para o time avançar e impedir a troca de passes dos zagueiros reservas. A dupla ainda precisou repetir algumas enfiadas de bola pelas pontas, em aproximação dos laterais.

Apesar da indefinição sobre Osvaldo ou Denílson, o São Paulo tem sua formação praticamente definida para o duelo desta quarta-feira: Rogério Ceni, Douglas, Rodrigo Caio, Antônio Carlos e Álvaro Pereira; Souza, Maicon e Ganso; Osvaldo (Denílson), Ademílson e Alan Kardec. O embate será às 22h (horário de Brasília), na Arena Fonte Nova, em Salvador.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas