Tamanho do texto

Treinador diz não ter preocupação em escalar o jovem Jemerson por entender que ele já mostrou ter personalidade

Levir Culpi, técnico do Atlético-MG
Getty Images
Levir Culpi, técnico do Atlético-MG

Com as lesões dos zagueiros Edcarlos e Réver, o técnico Levir Culpi passou a contar apenas com Leonardo Silva e o jovem Jemerson para formar o setor defensivo do Atlético-MG contra o Lanús. O treinador, porém, demonstra ter confiança em escalar o novato.

"Não tenho a menor preocupação se tiver que utilizar o Jemerson porque mostrou personalidade, inclusive no ataque. Ele é um jogador parecido com o Otamendi, não é alto, mas cabeceia bem. Então, nos dá certa tranquilidade. É um menino ainda, vai acertar e errar muito, mas não tenho a menor dúvida se tiver que utilizá-lo", declarou o comandante.

Além da dupla de zaga, outra preocupação da torcida atleticana é com a lateral esquerda, já que Emerson Conceição não vinha atuando bem antes da parada para a Copa do Mundo. Entretanto, Culpi garante que o ala evolui durante a excursão na China e, assim como Jemerson, confia no jogador para atuar até no meio-campo, se preciso.

"Não tenho a menor dúvida de utilizar o Emerson pelo meio também, se precisar. Ele é um jogador muito bom fisicamente, pode jogar o dia inteiro e nunca se cansa. Tem uma condição física muito boa e tecnicamente também joga. Então, é um jogador que pode ser usado ali se for necessário", finalizou.

*Com Gazeta

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas